Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mais de 1,5 milhão de pessoas vão fazer exame que certifica conclusão de estudos - Jornal Brasil em Folhas
Mais de 1,5 milhão de pessoas vão fazer exame que certifica conclusão de estudos


No próximo domingo (19), mais de 1,5 milhão de estudantes vão participar do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que é direcionado aos alunos que não concluíram os estudos na idade adequada. A prova será feita por 301,5 mil candidatos que desejam a certificação para o ensino fundamental e 1,2 milhão para o ensino médio. O exame será aplicado em 564 municípios distribuídos em todos os estados.

O acesso ao cartão de informação já foi liberado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na semana passada. O documento informa o número de inscrição; a data, hora e local das provas; a opção de língua estrangeira escolhida e os atendimentos específicos ou especializados, caso tenham sido solicitados.

A partir deste ano, a certificação de conclusão do ensino médio voltou a ser realizado pelo Encceja, em parceria com estados e municípios. Até o ano passado, os estudantes com mais de 18 anos usavam o desempenho obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para receber o diploma do ensino médio.

Ontem (12), o ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou que os alunos que fizerem a prova do Encceja deste ano e obtiverem nota mínima terão gratuidade garantida na inscrição do Enem no ano que vem.

Provas

O Encceja será realizado em dois turnos. Pela manhã, os portões abrem às 8h e fecham às 8h45 e as provas serão realizadas das 9h às 13h. No turno vespertino, a abertura dos portões será às 14h30, com fechamento às 15h15 e prova das 15h30 às 20h30. Os estudantes devem ficar atentos, já que o horário a ser seguido é o oficial de Brasília.

As provas objetivas terão 30 questões de múltipla escolha cada, tanto para ensino fundamental quanto para ensino médio. Para obter o certificado ou a declaração de proficiência, o participante deve fazer, no mínimo, 100 dos 200 pontos possíveis em cada uma das áreas de conhecimento. Os candidatos também deverão fazer uma redação em que é necessário alcançar nota igual ou superior a cinco pontos, em uma escala que varia de zero a dez.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212