Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Caminhão que derrubou parte de viaduto em SP tinha altura acima do limite - Jornal Brasil em Folhas
Caminhão que derrubou parte de viaduto em SP tinha altura acima do limite


O caminhão que provocou a queda de pedaços de um viaduto que levaram à morte de uma mulher neste domingo (19), em São Paulo, tinha altura maior que a permitida para circular no local. De acordo com a prefeitura de São Paulo, a sinalização indica que veículos de no máximo 4,30 metros podem passar sob o viaduto, mas que o caminhão envolvido no acidente tinha 4,46 metros.

O acidente ocorreu na Avenida do Estado, no bairro do Pari, na zona leste da cidade da capital paulista. O caminhão trafegava sob o viaduto quando, segundo a prefeitura, “atingiu um pórtico por onde passa o sistema de sinalização da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado no 8º Distrito Policial, pedaços da viga de concreto foram arrancadas e caíram sobre o teto de um veículo Honda, ferindo a juíza Adriana Nolasco da Silva, de 46 anos, que estava no banco do passageiro. O motorista do carro não chegou a ser atingido. A vítima foi levada para a Santa Casa e, depois transferida para o Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O condutor do caminhão disse à polícia que seguia o itinerário determinado pela empresa para a qual trabalha e que, ao passar sob o viaduto, percebeu que parte da estrutura havia cedido e atingido o carro ao lado. Ele deve responder a processo por lesão corporal culposa. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o tacógrafo do veículo foi recolhido para perícia pelo Instituto de Criminalística.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) multou o motorista do caminhão e apreendeu o veículo com base no Artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro. “O veículo também não portava uma Autorização Especial de Trânsito, documento obrigatório para carros que ultrapassam a altura limite de 4,40m, permitida para circular dentro da cidade”, diz o comunicado da prefeitura.

Após vistorias no local, a prefeitura informou que não foi constatado qualquer problema estrutural no viaduto. O tráfego na via foi liberado hoje (20) por volta das 12h.

Empresa

Em nota, a FL Logística Brasil, dona do caminhão, informou que o veículo “transitava dentro dos padrões legais” e que o choque “foi contra uma estrutura de dutos, fixada embaixo do viaduto, e não no próprio viaduto”.

A empresa informou também que está apurando os fatos para auxiliar a perícia e inquérito policial e que “há informações, ainda não confirmadas, de desnível na pista, de aproximadamente 15 centímetros, recapeamento recente e de outros acidentes neste mesmo final de semana no local”.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212