Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Operação integrada entre Segurança e Ministério Público desmonta associações criminosas em todo o Estado - Jornal Brasil em Folhas
Operação integrada entre Segurança e Ministério Público desmonta associações criminosas em todo o Estado


A Operação Insone, integrada pelas forças de segurança pública de Goiás e pelo Ministério Público goiano, começou a cumprir, nesta quinta-feira, dia 23, 87 mandados de prisão em 52 municípios goianos. Por meio de entrevista coletiva, realizada hoje de manhã no Centro Integrado de Inteligência Comando e Controle (CIICC) da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), representantes das instituições envolvidas prestaram esclarecimentos para a imprensa sobre a operação.

A maioria dos mandados é contra criminosos que já estão presos, continuavam a cometer crimes de dentro da cadeira, e que já estavam prestes a serem colocados em liberdade, afirmou o delegado Breynner Cursino, titular da Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e coordenador das investigações. Segundo ele, pela manhã já haviam sido cumpridos 90% dos mandados expedidos pelo Poder Judiciário. Os acusados são suspeitos de crimes que envolvem furtos, roubos, homicídios e tráfico de drogas.

Breynner lembrou que as investigações contra associações criminosas são contínuas e em breve outras devem ser levadas a público. “As informações e provas trazidas pela Polícia Militar, pela Administração Penitenciária e pelos serviços de inteligência têm sido imprescindíveis para o sucesso das operações”.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio dos Santos, a parceria entre as várias instituições demonstra que a integração é o melhor caminho para combater a criminalidade. “O trabalho integrado é uma importante ferramenta para desarticular as grandes organizações criminosas”, disse.

O subcomandante geral da Polícia Militar (PM), coronel Carlos Antônio Borges, informou que coube à PM também reforçar o policiamento em todas as comarcas onde ocorreu a ação policial, para garantir a tranquilidade da sociedade e o funcionamento das instituições. “Até agora tudo está dentro da normalidade”, garantiu.

“A realização desta megaoperação demonstra que o estado não está apático em relação ao crime organizado. É um trabalho longo. O mapeamento é feito diuturnamente”, ressaltou o tenente-coronel Newton Castilho, superintendente executivo de Administração Penitenciária da SSPAP.

Ministério Público

O desenrolar de toda a operação teve a participação do Ministério Público de Goiás (MPGO). A promotora de Justiça Gabriella de Queiroz Clementino, integrante do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), destacou que a operação é fruto de anos de trabalho e sempre contou com o acompanhamento do MP goiano. “Os bons resultados mostram que o Estado está atento e busca incessantemente a condenação de criminosos”, observou.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212