Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Black Friday: 5 direitos que você tem ao comprar online - Jornal Brasil em Folhas
Black Friday: 5 direitos que você tem ao comprar online


O consumidor tem diversos direitos em compras online que devem ser especialmente observados nesta Black Friday que acontece em 24 de novembro. O Procon-SP fez uma lista com cinco dos principais direitos que o consumidor pode precisar exercer em compras, especialmente aquelas realizadas na sexta-feira.

Confira: 1 - Se a empresa prometeu desconto em determinados produtos, a oferta deve ser cumprida conforme veiculada 2 - O Código de Defesa do Consumidor estabelece o prazo de 30 dias para reclamações sobre problemas aparentes ou de fácil constatação no caso de produtos não duráveis e de 90 dias para itens duráveis, contados a partir de sua verificação. Essa reclamação pode ser feita para o próprio comerciante ou para o fabricante, à escolha do consumidor

Black Friday InfoMoney: sua única chance de comprar nossos cursos com 50% de desconto

3 - Produtos importados adquiridos no Brasil em estabelecimentos devidamente legalizados seguem as mesmas regras dos nacionais 4 - No ato da entrega, só assine o documento de recebimento após examinar o estado da mercadoria. Havendo irregularidades, estas devem ser relacionadas, justificando assim o não recebimento 5 - Nas compras feitas fora do estabelecimento comercial (por telefone, em domicílio, telemarketing, catálogos ou internet), há o prazo de 7 dias para desistir da compra, sem apontar qualquer motivo, contado a partir da aquisição do produto ou de seu recebimento

Antes de realizar suas compras online, o Procon recomenda consulta a lista de sites a serem evitados. As lojas virtuais mencionadas devem ser evitadas, pois tiveram reclamações de consumidores registrada no Procon-SP, foram notificadas, não responderam ou não foram encontradas.

Mutirão O Procon-SP terá um atendimento especial para os consumidores registrarem suas reclamações. O serviço pelo telefone 151 começará às 18h do dia 23, indo até à 1h do dia 24, retornando no mesmo dia, das 6h às 22h (de Brasília).

O atendimento eletrônico será disponibilizado um formulário especial no nosso site para reclamações e denúncias que ficará disponível a partir das 18hs da quinta-feira (23), além do Facebook e Twitter.

Também foi criada a hashtag especial #ProconSPdeOlhonaBlackFriday que os consumidores poderão utilizar para denunciar problemas como maquiagem de desconto – situação em que o fornecedor eleva o preço do produto antes de anunciar a promoção –, cancelamento da compra sem justificativa, preços abusivos de fretes, entre outros que possam ocorrer.

Balanço Black Friday 2016 O plantão montado pelo Procon-SP no ano passado registrou 2.040 atendimentos. Os principais problemas relatados foram pedido cancelado sem justificativa (35,6%), produto/serviço anunciado indisponível (11,8%), mudança de preço ao finalizar a compra (11,5%) e maquiagem do desconto (8,7%).

A empresa mais reclamada foi a Adidas, seguida pelos grupos Pão de Açúcar (Pão de Açúcar / Extra / Pontofrio.com / Casasbahia.com / Casas Bahia / Ponto Frio) e B2W (Americanas.com, Submarino e Shoptime).

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212