Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trabalhadores da maior mina chilena fazem paralisação 24 horas após demissões - Jornal Brasil em Folhas
Trabalhadores da maior mina chilena fazem paralisação 24 horas após demissões


Os trabalhadores da Escondida, maior mina de cobre do mundo, operada pela anglo-australiana BHP Billinton no norte de Chile, paralisaram suas atividades nesta quinta-feira (23), após a demissão de 3% de seus funcionários por uma racionalização na empresa, informou o sindicato.

Em um comunicado, o Sindicato de Trabalhadores de Escondida anunciou a paralisação por 24 horas - acabando na primeira hora de sexta-feira -, em uma medida de ação sindical que será reiterada nos turnos revezados da próxima semana.

A ação sindical foi acatada maciçamente pelos sócios, produzindo-se como consequência disso a interrupção total do trabalho, acrescenta a carta.

A paralisação acontece um dia após a companhia - responsável por quase 5% da produção mundial do metal - anunciar a demissão de 3% dos seus funcionários, cerca de 120 pessoas.

O corte inclui supervisores, operadores e pessoal da manutenção. A decisão foi tomada após uma avaliação crítica sobre sua situação operacional, processos e recursos necessários para cumprir suas atividades produtivas de maneira segura e sustentável, indica um comunicado companhia.

Escondida teve uma queda nos lucros de 91% no primeiro semestre deste ano, devido a uma grande greve que paralisou a produção no primeiro trimestre.

A mina registrou entre janeiro e junho um lucro líquido de 50 milhões de dólares, bem menos que os 527 milhões registrados no mesmo período de 2016. A queda refletiu a redução da produção, que ficou em 327.863 toneladas, ante as 539.824 produzidas no primeiro semestre de 2016.

Os funcionários de Escondida começaram a greve em 9 de fevereiro, pedindo melhores condições salariais em um novo acordo coletivo, mas, diante da impossibilidade de alcançar um acordo com a empresa, voltaram ao trabalho após 44 dias, prolongando por outros 18 meses o convênio antigo, seguindo a legislação chilena.

O Chile é o maior produtor global de cobre, com cerca de um terço da produção do mundo, equivalente a 5,6 milhões de toneladas ao ano.

Escondida é uma mina a céu aberto situada no Deserto do Atacama, na região de Antofagasta.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212