Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Quadros de Monet e Picasso ganham vida graças à realidade aumentada - Jornal Brasil em Folhas
Quadros de Monet e Picasso ganham vida graças à realidade aumentada


Graças a uma nova tecnologia de realidade aumentada, os quadros mais conhecidos do museu Albertina de Viena ganham vida e oferecem aos visitantes uma imersão pedagógica.

Às vezes é necessário buscar formas originais de mostrar os clássicos de uma maneira menos convencional e mais lúdica, afirmou nesta terça-feira Klaus Albrecht Schröder, diretor do museu, que apresentou sua nova oferta digital.

Com um aplicativo gratuito para smartphones, uma série de animações de áudio e vídeo permite explorar um total de 13 telas de vários pintores. Basta apontar o telefone para o quadro para ativar a animação, que dura 45 segundos.

Assim, o visitante vê surgir na tela de seu celular o desenho das bailarinas de Degas; um veleiro pintado por Picasso navega entre as ondas; os pontos usados por Signac para representar Veneza vão aparecendo progressivamente; e o quadro do jardim de Claude Monet em Giverny, perto de Paris, se sobrepõe a uma foto do lugar.

As animações vêm acompanhadas de um comentário em áudio disponível em inglês e alemão, e em breve também em espanhol, francês, italiano e chinês.

O museu proporá, em breve, cerca de 20 obras, escolhidas entre as mais conhecidas da instituição, para redescobri-las em realidade aumentada.

Esta tecnologia, que permite inserir um elemento virtual dentro de uma imagem real, está se desenvolvendo rapidamente dentro das instituições culturais, especialmente com o objetivo de reviver cenas históricas, locais do patrimônio da humanidade e animar objetos do passado.

Mas é a primeira vez que a realidade aumentada é aplicada a quadros de grandes mestres da coleção permanente de um museu europeu, assegurou Sergiu Ardelean, um dos fundadores da Artivive, a start-up vienense que desenvolveu o aplicativo.

Podemos supor que, no futuro, esta tecnologia substituirá o audioguia, afirmou o diretor do Albertina, museu conhecido por sua Coleção Batliner, que inclui obras de Monet, Cézanne, Miró, Klee, Kandinsky e Malévich.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212