Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Mulheres de altos cargos do governo dos EUA se somam ao movimento #MeToo - Jornal Brasil em Folhas
Mulheres de altos cargos do governo dos EUA se somam ao movimento #MeToo


Mais de 220 diplomatas, ex-diplomatas e funcionárias de Defesa e Segurança Nacional dos Estados Unidos somaram seus nomes ao movimento #MeToo, ao divulgar uma carta na qual denunciaram que o assédio sexual é muito recorrente em seus círculos de trabalho.

As mulheres da comunidade de Segurança Nacional, como são chamadas na carta publicada na noite de segunda-feira, protestaram contra o abuso e a discriminação das mulheres, argumentando que, assim como no setor privado, suas denúncias são ignoradas e são prejudicadas profissionalmente por homens.

Nós também somos sobreviventes de assédio sexual, agressões e abuso, ou conhecemos outras que são, escreveram.

Isso não é apenas um problema em Hollywood, no Vale do Silício, em redações, ou no Congresso. Está em todas as partes. Esses abusos nascem do desequilíbrio de poder e de entornos que permitem tais práticas, enquanto silenciam e envergonham as sobreviventes.

As signatárias ocuparam ou ocupam postos de alto escalão nos departamentos de Defesa e de Estado, na Casa Branca, ou em agências de Inteligência, entre elas 60 embaixadoras e ex-embaixadoras.

Apesar do grande número de mulheres que entrou nesses setores, muitas pedem demissão e são poucas as que chegam a altos cargos, acrescentaram.

Muitas mulheres são impedidas ou expulsas dessas áreas por homens que usam seu poder para agredir um espectro e perpetuar, às vezes inconscientemente, entornos que silenciam, menosprezam e descuidam das mulheres a favor do outro, indicaram.

Essa comunidade também deve abordar os sérios desequilíbrios de gênero em cargos de liderança, pois as equipes dominadas por homens são mais inclinadas a abusos, enquanto as equipes mais diversas são constantemente vinculadas a melhores resultados.

Também recomendaram que os institutos de seus organismos deveriam obrigatoriamente capacitar todos os funcionários em temas de assédio e estabelecer canais privados para reportar abusos e queixas.

Paralelamente, aconselharam que todas as mulheres que renunciam a suas funções no governo deveriam ser entrevistadas, pois suas declarações poderiam revelar o alcance das situações de assédio.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212