Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de May de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 ANP: produção de petróleo cai em outubro, mas de gás natural sobe - Jornal Brasil em Folhas
ANP: produção de petróleo cai em outubro, mas de gás natural sobe


O país fechou o mês de outubro deste ano produzindo mais gás natural e menos petróleo nos campos nacionais, segundo o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural, divulgado hoje (4) pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com os dados, a produção total de petróleo e gás natural nos campos nacionais (petróleo equivalente) em outubro foi de aproximadamente 3,348 milhões de barris, inferior à produção de setembro (3,370 milhões).

Enquanto a produção de gás natural totalizou 115 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d), registrando um crescimento de 5,6% em relação a outubro do ano passado e 0,5% sobre o mês de setembro; a de petróleo totalizou 2,627 milhões de barris, que equivale a uma queda de 0,9% em relação a setembro e estabilidade em relação ao mesmo período do ano passado (0,1%).

Pré-sal e queima de gás

O Boletim Mensal da ANP também constatou queda na produção do pré-sal em outubro, em relação a setembro. Segundo a agência reguladora, a produção de óleo equivalente (petróleo e gás natural) totalizou aproximadamente 1,628 milhão de barris por dia, uma redução de 2,9% em relação ao mês anterior.

Isoladamente, o pré-sal produziu, nos 79 poços em atividade, 1,306 milhão de barris de petróleo por dia e 51 milhões de metros cúbicos de gás natural. A produção do pré-sal em outubro respondeu por 48,6% do total produzido no país.

Já o aproveitamento do gás natural no Brasil no mês de outubro alcançou 97% do volume total produzido. A queima de gás totalizou 3,4 milhões de metros cúbicos por dia, um aumento de 0,5% se comparada ao mês anterior e redução de 8,9% em relação ao mesmo mês em 2016.

Campos produtores

Como em meses anteriores, o campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, segue sendo o de maior produção tanto de petróleo quanto de gás natural. Em média, o campo de Lula produziu 808 mil barris de petróleo por dia e 34,5 milhões de metros cúbicos de gás natural.

Os campos marítimos produziram 95,2% do petróleo e 79% do gás natural. A produção, segundo a ANP, se deu a partir de 8.054 poços, sendo 737 marítimos e 7.317 terrestres.

Os campos operados pela Petrobras produziram 93,6% do petróleo e gás natural. Estreito, na Bacia Potiguar, teve o maior número de poços produtores: 1.096. Marlim Sul, na Bacia de Campos, foi o campo marítimo com maior número de poços produtores (96).

 

Últimas Notícias

Ata do Copom diz que manutenção da Selic foi a melhor decisão
Brasileiros apostam em inflação de 5,3% para os próximos 12 meses
BC decreta liquidação extrajudicial da corretora Gradual
Caminhoneiros entram no segundo dia de bloqueio nas estradas
Governo reduz estimativa de crescimento para 2,5% em 2018
Parente: governo não considera mudar política de preços da Petrobras
Petrobras anuncia queda nos preços da gasolina e do diesel
Guardia: espaço fiscal para reduzir tributos de combustíveis é pequeno

MAIS NOTICIAS

 

Trump anuncia nesta terça-feira decisão sobre acordo nuclear com o Irã
 
 
Fugindo da crise e da insegurança, brasileiros migram para Portugal
 
 
Argentina recorre ao FMI para equilibrar contas
 
 
Brasil e mais 40 nações apelam à OMC contra guerra comercial
 
 
Macri admite que Argentina precisa de apoio externo e recorre ao FMI
 
 
Donald Trump retira Estados Unidos do acordo nuclear com Irã

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212