Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Feb de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Chuva mata duas pessoas em MG este mês; Defesa Civil investiga mais cinco casos - Jornal Brasil em Folhas
Chuva mata duas pessoas em MG este mês; Defesa Civil investiga mais cinco casos


Desde o início do período chuvoso em Minas Gerais, no começo de outubro, cinco pessoas morreram por causa dos temporais, duas delas nos primeiros quatro dias de dezembro. Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais, mais cinco pessoas podem ter morrido devido à forte chuva que atingiu o estado desde a noite de ontem (3).

Em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, um homem está desaparecido desde a noite de domingo após cair em uma enxurrada, próximo a Lagoa do Morro Alto. As buscas estão em andamento. Em Urucânia, na Zona da Mata, os bombeiros buscam duas crianças e uma mulher que teriam desaparecido na tarde de hoje (4) durante a chuva. Em São Pedro dos Ferros, também na Zona da Mata, o corpo de um idoso de 80 anos foi encontrado hoje após uma chuva intensa e há suspeita de que tenha falecido em decorrência da chuva.
Muro e parte de quintal de casa desabam em bairro de Belo Horizonte por causa de chuva forte (Divulgação/Defesa Civil de Belo Horizonte)

Muro e parte de quintal de casa desabam em bairro de Belo Horizonte por causa de chuva forte

De acordo com o boletim da Defesa Civil de Minas, duas das cinco mortes registradas até agora por causa das chuvas foram confirmadas hoje. Em Ribeirão das Neves, próximo a Belo Horizonte, uma vítima identificada apenas como Joanita, de aproximadamente 80 anos, teve sua casa alagada neste domingo, não conseguiu deixar o local e morreu afogada. Ela foi encontrada já sem vida pelos bombeiros e equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

No sábado (2), a Polícia Militar de Perdizes, no Triângulo Mineiro, foi chamada para procurar um menino de 6 anos de havia caído em um bueiro e sido arrastado pela enxurrada A criança foi localizada sem vida a aproximadamente 300 metros do local onde caiu.

Belo Horizonte

A Defesa Civil de Belo Horizonte está em estado de alerta por causa das chuvas fortes dos últimos dias e que devem continuar até o fim desta semana. O subsecretário municipal de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas Alves, informou que nos quatro primeiros dias de dezembro, a Defesa Civil da capital recebeu 319 ocorrências relativas a alagamentos, deslizamentos de encostras, erosão, queda de muro de arrimo e queda de árvores. “Temos registro de uma família com ferimentos leves, mas felizmente não houve vítimas fatais no município”, disse, referindo-se à queda parcial de uma residência localizada no bairro Minas Caixa.

Na região oeste da capital mineira, choveu 292 milímetros (mm) em quatro dias, 91% do que estava previsto para o mês inteiro. Na região noroeste da cidade, já choveu 80% do previsto para o mês. A média climatológica prevista para dezembro em Belo Horizonte é de 319,4 mm. “A previsão é que chova 80 mm até amanhã. E a previsão de chuva até sexta feira é de mais 100 mm. A cidade está em alerta”, disse Alves.
Em algumas regiões de Belo Horizonte, choveu em quatro dias 80% do volume esperado para todo o mês de dezembro

Em algumas regiões de Belo Horizonte, choveu em quatro dias 80% do volume esperado para todo o mês de dezembro Divulgação/Defesa Civil de Belo Horizonte

Segundo o subsecretário de Defesa Civil, Belo Horizonte é cortada por mais de 700 quilômetros de rios e córregos, o que aumenta a possibilidade de transbordamentos. “É uma cidade com muitos cursos dágua, alguns tampados e outros a céu aberto, então nós tivemos importantes córregos que transbordaram e causaram alagamentos em casas e a gente está fazendo o atendimento dessas famílias”.

Por causa do alagamento de algumas vias, o transporte público de Belo Horizonte tem sofrido algumas alterações “As mudanças já fazem parte do nosso plano de contingência, temos os 80 pontos de inundação da cidade mapeados e quando precisamos fazer o fechamento preventivo, os itinerários alternativos já estão planejados”, disse o subsecretário.

Sobrevoo

Nesta segunda-feira, os ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, e das Cidades, Alexandre Baldy, sobrevoaram a região metropolitana de Belo Horizonte para verificar o impacto das chuvas no município de Ribeirão das Neves, o mais afetado pelos temporais dos últimos dias. O município decretou situação de emergência na quinta-feira (30).

Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, 80 pessoas estão desalojadas e 12 estão desabrigadas em Ribeirão das Neves. Quatro casas foram destruídas e 181 danificadas, além de estragos em um hospital e quatro escolas municipais.

 

Últimas Notícias

Superintendente da Caixa, Marise Fernandes, recebe Título de Cidadã Goiana
Iris Rezende: “Marconi deixou sua marca em todas as áreas administrativas”
Bolsa Universitária: abertas novas inscrições para 10 mil bolsas
Torcidas de Goiás e Vila se mobilizam para a doação de sangue
800 vigilantes penitenciários concluem curso e vão reforçar segurança em presídios
Governo de Goiás entrega mais um colégio de alto padrão no Entorno do DF
Goiás terá 10 mil agentes de saúde formados em técnico em enfermagem
Dois chefs de cozinha representam Goiás na disputa pela maior premiação da gastronomia brasileira

MAIS NOTICIAS

 

Ministro diz que Brasil mantém portas abertas para receber refugiados
 
 
Aprovação da reforma da Previdência é prioridade número um, diz Meirelles
 
 
Conselhos aprovam intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro
 
 
Eunício determina que todas as PECs parem de tramitar no Senado
 
 
Maia anuncia criação de observatório para acompanhar ações de intervenção no RJ
 
 
Marun diz que não há como votar reforma da Previdência durante intervenção

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212