Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Dez de 2017 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Tórax dos neandertais era adaptado para conseguir mais oxigênio - Jornal Brasil em Folhas
Tórax dos neandertais era adaptado para conseguir mais oxigênio


Madri, 4 dez (EFE).- O tórax do homem de Neandertal era consideravelmente mais amplo na parte inferior do que o do Homo sapiens, o que lhe permitia inalar mais oxigênio, segundo um estudo realizado por pesquisadores do Museu Nacional de Ciências Naturais e da Universidade Autônoma de Madri (UAM).

O trabalho, publicado no Journal of Human Evolution, se baseia na análise de fósseis da caverna de El Sidrón, no norte da Espanha, o sítio Neandertal mais importante da Península Ibérica.

O homem de Neandertal foi uma espécie humana inteligente que conviveu com o Homo sapiens e que foi extinto há 40 mil anos.

A principal caraterística dos Neandertais era a sua grande massa muscular que, segundo os especialistas, exigia uma grande quantidade de ar no organismo, já que o tecido muscular é um grande consumidor de oxigênio.

E embora este alto consumo de oxigênio seja refletido na caixa torácica, até agora foi não foi possível comprová-lo mediante métodos tradicionais, já que as costelas e vértebras do fóssil estão geralmente fragmentadas ou deformadas.

No entanto, utilizando técnicas como morfometria geométrica 3D, os cientistas conseguiram determinar como era o tórax Neandertal.

Para isso, estudaram mais de 100 caixas torácicas (costelas e vértebras) do sítio de El Sidrón, junto com partes de outros Neandertais.

Após reconstruir costelas e vértebras com técnicas 3D, os pesquisadores chegaram à conclusão de que os Neandertais eram caraterizados por uma caixa torácica relativamente mais curta e mais ampla na parte inferior que o Homo sapiens.

Como o diafragma, um dos músculos mais envolvidos na respiração, se situa na parte inferior do tórax, uma expansão desta área poderia conferir aos Neandertais uma maior potência respiratória e uma maior entrada de ar no organismo devido a uma maior contribuição diafragmática, explicou Daniel García Martínez, do MNCN, doutorado pela UAM e coautor do trabalho.

Esta maior entrada de ar no organismo seria totalmente coerente com a necessidade de uma maior presença de oxigênio no organismo, pois sua massa muscular era maior que na nossa própria espécie, acrescentou.

O porquê da maior massa muscular em Neandertais é algo controverso até hoje.

Alguns autores pensam que poderia ser uma adaptação à luta corpo a corpo contra grandes predadores; outros dizem que se trata de um traço genético, e enquanto outra corrente acredita que era um isolamento térmico, já que os Neandertais viviam na Europa quando a temperatura média anual era muito baixa. EFE

 

Últimas Notícias

Estádio Olímpico recebe Paradesportivos
Vinil Black Album de Prince reaparece com valores astronômicos
Vaticano lançará portal que reunirá todos os seus veículos
Três anúncios para um crime lidera indicações ao SAG
Vida parou na região birmanesa dos rohinyas, alerta Cruz Vermelha
Vice do Equador condenado a seis anos de prisão no caso Odebrecht
Trump não serve para limpar sanitários da biblioteca de Obama, diz jornal
Trump diante do tapa eleitoral do Alabama

MAIS NOTICIAS

 

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
 
 
Petrobras quer que Gleisi Hoffmann devolva R$ 1 milhão aos cofres da empresa
 
 
Marun quer finalizar CPMI da JBS antes da posse na Secretaria de Governo
 
 
Maia diz que não colocará Previdência em pauta sem ter votos para aprovação
 
 
Kassab afirma que extinção da faixa AM de rádio será um processo natural
 
 
Justiça Eleitoral torna inelegível por 8 anos o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212