Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Feb de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Cientistas chineses confirmam avanços no estudo da matéria escura - Jornal Brasil em Folhas
Cientistas chineses confirmam avanços no estudo da matéria escura


Xangai (China), 30 nov (EFE).- Um satélite chinês detectou sinais inesperados e misteriosos na sua medição de raios cósmicos de alta energia, algo que, segundo os cientistas do país, poderia levar a novas descobertas sobre a matéria escura, informou nesta quinta-feira a agência oficial Xinhua.

O Explorador de Partículas de Matéria Escura da China (DAMPE) mediu mais de 3,5 trilhões de partículas de raios cósmicos com a energia mais alta até 100 tera-elétron-volts (TeV) e com uma resolução de energia sem precedentes.

O DAMPE abriu uma nova janela para observar o universo de alta energia, descobrindo novos fenômenos físicos além do nosso entendimento atual, disse o cientista-chefe do projeto, Chang Jin.

Segundo explicou, esta é a primeira vez que um experimento espacial informa do espectro detalhado e preciso de elétrones e posítrones de até aproximadamente 5 TeV.

Têm sido encontradas as 61 partículas elementares preditas pelo modelo padrão de física de partículas. As partículas de matéria escura estão além da lista. Portanto, se encontrarmos uma nova partícula elementar, será um grande avanço para a física, acrescentou.

A medição precisa dos raios cósmicos é importante para que os cientistas busquem rastros de aniquilação ou decomposição da matéria escura, assim como para compreender fenômenos astrofísicos como pulsares, núcleos ativos de galáxias e superestrelas novas.

Nossos dados podem inspirar algumas ideias novas em física de partículas e astrofísica, destacou Chang.

A matéria escura, que não se pode ver nem tocar, é um dos grandes mistérios da ciência. Os cientistas calculam que a matéria normal, como galáxias, estrelas, árvores, rochas e átomos, representa apenas cerca de 5% do universo.

Além disso, 26,8% do universo é matéria escura e 68,3% é energia escura, razão pela qual tudo o que se sabe hoje em dia é uma pequena fração da realidade.

A exploração da matéria escura é revolucionária para a física e a ciência espacial e qualquer descoberta nesta área poderia ser tão significativa como a teoria heliocêntrica, a lei da gravidade, a teoria da relatividade e a mecânica quântica.

O DAMPE foi enviado a uma órbita de 500 quilômetros sobre a Terra em 17 de dezembro de 2015 e é parte do programa de satélites científicos desenvolvido pela China, de forma paralela ao plano de exploração da Lua e aos de envio de missões tripuladas, que incluem o estabelecimento de uma estação orbital permanente. EFE

 

Últimas Notícias

Relatora da intervenção no Rio aponta falta de dados no decreto
Quando a coisa fica ruim no Rio, desanda nos outros Estados
Presença do Exército trará algum desconforto, diz porta-voz
Últimos dias de inscrição ao processo seletivo para professor da Rede Itego
Transposição do Capivari garante abastecimento durante a estiagem em Anápolis
Polícia de Inhumas indicia secretário, dois servidores e empresária por fraude em licitação
Lista de devedores contumazes é atualizada pela Sefaz
Lançado o Plano Goiás Seguro para combater o déficit previdenciário

MAIS NOTICIAS

 

Em meio a racionamento, principal reservatório do DF atinge 50% de volume útil
 
 
Temer: governo vai trabalhar para que reduções da gasolina cheguem às bombas
 
 
Moreira pede ao Cade para investigar preços em postos de combustíveis
 
 
Sete escolas de samba abrem desfile hoje em São Paulo
 
 
Identificação e cuidados com a saúde garantem carnaval tranquilo para crianças
 
 
Carnaval no Sambódromo da Marquês de Sapucaí começa hoje no Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212