Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Presidente da Apex-Brasil mostra otimismo com acordo Mercosul-União Europeia - Jornal Brasil em Folhas
Presidente da Apex-Brasil mostra otimismo com acordo Mercosul-União Europeia


O presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Roberto Jaguaribe, mostrou-se otimista hoje (7) com a possibilidade de o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia, negociado há quase 20 anos, ser concretizado.

“Nunca vi compromisso equivalente dos dois lados. Do lado europeu, o compromisso público com o processo de negociação é muito elevado”, disse Jaguafibe, em entrevista na qual foi divulgado o balanço da atuação da Apex este ano. Ele ressaltou, no entanto, que a agência não é protagonista nas negociações. “A Apex passou a ter papel de apoio no processo negociador.

O presidente da Apex também comentou documentos vazados pela organização não governamental (ONG) Greenpeace sobre a negociação de um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia. O Greenpeace diz que as atividades previstas aumentarão o desmatamento e que três ecossistemas estão especialmente ameaçados: a Amazônia, o Cerrado e a região do Gran Chaco, que inclui partes da Argentina, Bolívia, Brasil e Paraguai.

Para Jaguaribe, não corresponde à realidade a imagem difundida sobre o tratamento ao meio ambiente no Brasil. “Assim como eu posso montar o painel de desgraças, que o Greenpeace é campeão de montar, eu poderia montar o painel do paraíso. Nenhum dos dois estaria correto”, afirmou. Jaguaribe disse que há um foco nos fatos negativos.

“O Brasil tem compromisso absoluto com a preservação ambiental. Tem metas mais ambiciosas que qualquer outro país contra o aquecimento global e já tem elementos vastamente superiores aos europeus na matriz energética”, enfatizou.

Ao destacar o agronegócio como um setor estratégico para a Apex, Jaguaribe criticou a difusão de informações que, para ele, não representam o cenário amplo. Ele mencionou ainda comentários de pessoas cujas opiniões têm muita repercussão, como a modelo internacional Gisele Bündchen.

“É claro que tem coisas aqui equivocadas, inclusive na área social. Essa questão do trabalho escravo. Existe trabalho degradante? Claro. Mas nós não temos imigrantes ilegais amontoados em silos para colher maçãs [como] na Normandia. É preciso guardar as proporções”, afirmou.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212