Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 ONU quer ampliar participação feminina em missões de paz a partir de 2018 - Jornal Brasil em Folhas
ONU quer ampliar participação feminina em missões de paz a partir de 2018


O subsecretário-geral do Departamento de Manutenção das Operações de Paz, Jean-Pierre Lacroix, disse hoje (8) que o objetivo de sua equipe é trabalhar para aumentar no próximo ano o número de mulheres nas operações de paz das Nações Unidas. “A participação feminina nessas missões não é apenas uma questão de equilíbrio de gênero, mas também de qualidade e eficiência do trabalho missões”, destacou Lacroix.

Em entrevista à ONU News, em Nova Iorque, ele afirmou que as mulheres fazem a diferença como boinas-azuis. E comentou a promessa dos países que contribuem com tropas de aumentar a presença delas no terreno, feita numa reunião realizada no mês passado, no Canadá.

O aumento da participação das mulheres nas nossas missões foi discutido. Acho que agora, a comunidade internacional, os países, entendem que mais mulheres nas nossas missões significa ter missões mais efetivas. Não é apenas uma questão de equilíbrio entre homens e mulheres.

Em sua página na internet, o Departamento de Operações de Paz da ONU afirma que tem como objetivo dobrar o número de mulheres boinas-azuis até 2020, tanto em cargos militares como policiais.

Ao ser perguntado se as ações para chegar lá começariam já no próximo ano com grandes oportunidades para as mulheres, o subsecretário-geral respondeu: Certamente vai ser o nosso objetivo de trabalhar neste sentido. De acordo com as Nações Unidas, apenas cerca de 4% das suas forças militares são mulheres. No total, existem atualmente cerca de 110 mil boinas-azuis da ONU em 15 operações de paz ao redor do mundo.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212