Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Brasil condena atentados que deixaram pelo menos 150 mortos na Síria - Jornal Brasil em Folhas
Brasil condena atentados que deixaram pelo menos 150 mortos na Síria


O governo brasileiro condenou os atentados terroristas ocorridos da Síria ontem (21), que resultaram na morte de pelo menos 150 pessoas.

Em nota divulgada hoje (22), o Ministério das Relações Exteriores classificou de “barbárie” os ataques contra civis.

“Trata-se de mais um crime covarde reivindicado pelo grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico. Ataques contras civis são atos de barbárie que devem ser repudiados e combatidos com firmeza pela comunidade internacional como um todo. Nenhum ataque terrorista pode ser justificado. Nenhuma manifestação de intolerância religiosa pode ter lugar no mundo de hoje”, diz o texto.

Homs, a terceira maior cidade do país, foi atingida pelo mais sangrento atentado ocorrido ali desde 2011, com 59 mortos, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

No sul de Damasco, segundo a agência síria de notícias, 83 pessoas foram mortas perto de um santuário xiita, em um duplo ataque jihadista. O observatório diz que foram 96 mortes.

Segundo o Itamaraty, o Brasil reitera seu apoio às iniciativas de paz em curso, que têm por objetivo buscar uma solução política para a crise na Síria.

“A paz na Síria deve ser alcançada pelo diálogo e pela reconciliação, em processo liderado pelos próprios sírios entre setores reconhecidos como idôneos, o que exclui grupos terroristas, nos termos da Resolução 2254 (2015) do Conselho de Segurança das Nações Unidas e os Comunicados de Viena de 2015 e de Genebra de 2012”, informou a nota.

 

Últimas Notícias

Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Battisti ficará em isolamento por um ano em prisão na Sardenha
CNN Brasil será lançado neste ano
Toffoli nega habeas corpus preventivo para Battisti
ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212