Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Busca por submarino é como procurar uma agulha no palheiro - Jornal Brasil em Folhas
Busca por submarino é como procurar uma agulha no palheiro


A frustrada busca do submarino argentino ARA San Juan, perdido há 23 dias no Atlântico Sul, é comparável a procurar uma agulha em um palheiro, afirmou nesta sexta-feira (8) o porta-voz da Marinha, capitão Enrique Balbi.

A embarcação continua perdida e é procurada por navios da Armada (Marinha de guerra) em cooperação com Forças Armadas de outros países.

Para ter uma ideia, é como procurar uma agulha em um palheiro, disse Balbi na coletiva diária sobre o estado da busca.

Três embarcações irão inspecionar três novos objetos detectados com sonares em diferentes profundidades. No total há oito barcos nas operações.

Prevê-se ampliar a zona circular, a área de maior chance de ocorrência, para o norte, que é o que o submarino teria feito em sua navegação direta para Mar del Plata, seu porto, 400 quilômetros ao sul de Buenos Aires. O submarino se perdeu a cerca de 350 quilômetros da costa da Patagônia (sul).

O governo e a Armada já deram como mortos os marinheiros por considerar que a situação é extrema e que o submarino está no fundo do mar.

Mas os familiares continuam pedindo ao presidente Mauricio Macri e aos militares para que não deem como finalizadas as tarefas de um eventual resgate.

Queremos ver os corpos, que os retirem, precisamos fazer o luto, disse Yolanda Mendiola, mãe do tripulante Leandro Fabián Cisneros, de 28 anos, em frente à base naval de Mar del Plata.

O (navio russo) Yantar está inspecionando um objeto a 940 metros. O alerta (argentino) Ilhas Malvinas está tentando visualizar um objeto a 830 metros. E o (americano) Atlantis, quando se reincorporar nesta sexta, analisará outro objeto a 770 metros, disse Balbi.

A busca abarca profundidades entre 200 e 1.000 metros, segundo o porta-voz.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212