Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Decisão dos EUA sobre Jerusalém destoa da ONU, dizem europeus - Jornal Brasil em Folhas
Decisão dos EUA sobre Jerusalém destoa da ONU, dizem europeus


A decisão de Donald Trump de reconhecer unilateralmente Jerusalém como capital de Israel não está conforme as resoluções do Conselho de Segurança - afirmaram nesta sexta-feira (8) os embaixadores de França, Reino Unido, Itália, Suécia e Alemanha.

Ela não favorece a perspectiva de paz na região, acrescentaram os diplomatas em uma declaração solene após uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU.

Estamos em desacordo com a decisão dos Estados Unidos de reconhecer Jerusalém como capital de Israel e de iniciar os preparativos para mover a embaixada americana de Tel Aviv para Jerusalém, continua a declaração.

O status de Jerusalém deve ser determinado por negociações entre israelenses e palestinos, que devem alcançar um acordo sobre o estatuto final, disseram.

Os embaixadores também pediram que todas as partes e todos os atores regionais trabalhem em conjunto.

Nesse contexto, os cinco diplomatas ressaltaram que Jerusalém deverá ser a capital de dois Estados - Israel e Palestina. Na ausência de um acordo, não reconhecemos nenhuma soberania sobre Jerusalém.

De acordo com o Direito Internacional e com as respectivas resoluções do Conselho de Segurança, principalmente as resoluções 476, 478 e 2334, consideramos Jerusalém Oriental como parte dos territórios palestinos ocupados, alegaram.

Um acordo sobre as fronteiras de dois Estados deve se estabelecer com base nas linhas de 4 de junho de 1967, em vigor antes da Guerra dos Seis Dias, reforça o texto.

A União Europeia não reconhecerá qualquer mudança sobre as linhas de 1967, incluindo as que afetam Jerusalém, salvo as acordadas pelas partes, insistiram.

Os embaixadores europeus disseram ainda que estão prontos para colaborar para relançar o processo de paz e pediram ao governo americano que faça propostas detalhadas para alcançar um acordo entre palestinos e israelenses.

 

Últimas Notícias

Frédéric Lamotte é o novo diretor geral da CA Indosuez Wealth (Miami) e responsável Global da região das Américas
A ACIRLAG chega para impulsionar o setor econômico da região Leste de Aparecida
John Forman recusa cargo no Conselho de Administração da Petrobras
Em visita oficial, Macri é recebido no Planalto por Bolsonaro
Mercado financeiro prevê inflação em 4,02% neste ano
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212