Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo destina mais de R$ 2,2 mi para emergência em três estados - Jornal Brasil em Folhas
Governo destina mais de R$ 2,2 mi para emergência em três estados


Mais de R$ 2,2 milhões foram liberados para ações de resposta à situação de emergência em municípios do Acre, Mato Grosso e Rio Grande do Sul. As portarias que autorizam a transferência de recursos foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (15). O prazo para execução das ações emergenciais é de 180 dias.

O repasse destinado ao estado do Mato Grosso, no valor de R$ 1,3 milhão, permitirá a contratação de 45 carros-pipa para atender a população nos municípios Tangará da Serra e Vila Rica, afetados por um período extenso de seca e estiagem. Aproximadamente 118 mil pessoas serão beneficiadas.

Outros R$ 889,7 mil foram liberados para o município Cruzeiro do Sul, no Acre, e serão aplicados em ações de socorro e assistência às famílias desabrigadas após a ocorrência de chuvas intensas em janeiro deste ano. Já a cidade de Jaguari, no Rio Grande do Sul, investirá cerca de R$ 20 mil na recuperação de bueiros e de uma estrada no bairro Santo Antônio.

Cruzeiro do Sul

No último dia 3 de fevereiro, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, visitou o município de Cruzeiro do Sul (AC), onde prestou solidariedade às famílias desabrigadas e assegurou o apoio federal.

Além dos recursos destinados hoje à cidade, o ministério também garantiu o atendimento da população atingida com kits de ajuda humanitária incluindo galões de água, cestas de alimentos, colchões, roupas de cama, kits de higiene pessoal, de assistência infantil e de limpeza.

Auxílio federal

Para obter apoio financeiro da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração, as prefeituras devem solicitar o reconhecimento federal de situação de emergência. Também é necessário apresentar um Plano de Trabalho e um relatório com diagnóstico dos danos, no prazo de até 90 dias após a ocorrência do desastre.

Os pedidos são feitas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID), disponível no site. Equipes técnicas da Sedec analisam os processos e, assim, o ministério define o valor a ser disponibilizado.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212