Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Eleições no Amazonas terão reforço de segurança durante votação e apuração - Jornal Brasil em Folhas
Eleições no Amazonas terão reforço de segurança durante votação e apuração


Mais de 4 mil militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira vão atuar durante o 1º turno das eleições suplementares, que ocorrem neste domingo (6), no estado do Amazonas.

Em 23 municípios, o contingente vai atuar com apoio logístico, transporte de pessoal e urnas, além de garantir o reforço na segurança e a garantia da votação e da apuração nas cidades amazonenses.

A finalidade do emprego das Forças Armadas nos municípios definidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é manter as condições necessárias para que a população possa exercer a cidadania e votar com tranquilidade.

Acordo

Para essa atuação das Forças Armadas no pleito, o presidente Michel Temer assinou um decreto, publicado no dia 25 de julho no Diário Oficial da União. A partir de então, foi firmado um acordo de cooperação técnica entre o Ministério da Defesa e o TSE.

Dos 4,4 mil militares, cerca de 340 são da Marinha, 3,7 mil do Exército e 290 da Força Aérea Brasileira. Também serão utilizados 265 viaturas, 87 embarcações e cinco helicópteros das três Forças Armadas.

O 1º turno das eleições suplementares no Amazonas foi determinado pelo TSE em maio deste ano, após a cassação dos mandatos do ex-governador José Melo (Pros) e do vice, Henrique Oliveira (SD), por compra de votos nas eleições de 2014.

Neste domingo, mais de 2,3 milhões de eleitores do Amazonas devem voltar às urnas para escolher um novo governador. Também atuarão no policiamento agentes das polícias Federal, Civil e Polícia Militar.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212