Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Secretaria de direitos humanos do RJ lança campanha com foco na empatia - Jornal Brasil em Folhas
Secretaria de direitos humanos do RJ lança campanha com foco na empatia


Em comemoração aos 69 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que faz aniversário hoje (10), a Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos (SEDHMI) do Rio de Janeiro lançou uma campanha sobre a importância do respeito ao próximo, utilizando a empatia como peça central.

A campanha, denominada “Minha história poderia ser a sua”, exibe depoimentos de vítimas de LGBTfobia, racismo, intolerância religiosa e outras violações de direitos, que narram suas experiências e revelam como conseguiram superá-las. As narrativas estarão disponíveis nos perfis da secretaria nas redes sociais ( Facebook e Twitter) para que possam ser compartilhadas.

O secretário de Direitos Humanos, Átila Alexandre Nunes, explicou que foi feita opção por não exibir a imagem de quem narra a violência sofrida porque, “quando você não vê a vítima, você a imagina e, ao imaginar, se coloca no lugar dela. A empatia é o primeiro passo na luta contra o preconceito”, afirmou.

Atividades

Amanhã (11), dentro da programação da Semana dos Direitos Humanos, a secretaria promove um cine debate no Arquivo Nacional, quando serão exibidos ao público os curta-metragens Quem Matou Eloá?, O Dia em que Dorival Encarou a Guarda e Vidas Deslocadas. Os flimes tratam de questões como violência contra a mulher, memória e verdade e migração e refúgio, todos temas ligados aos direitos humanos, enfatizou Átila Nunes. Os interessados em participar podem se inscrever na página da secretaria, até as 18h deste domingo. Já na quarta-feira (13) será promovido um debate sobre intolerância, com transmissão ao vivo pela página da secretaria no Facebook.

A SEDHMI recebe denúncias de casos de violação dos direitos humanos por meio do serviço Disque Combate ao Preconceito (21) 2334 -9551. O canal funciona de segunda a sexta-feira das 10h às 16h.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212