Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


11 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo reafirma meta de 200 mil Bolsas Universitárias até o final de 2018 - Jornal Brasil em Folhas
Governo reafirma meta de 200 mil Bolsas Universitárias até o final de 2018


Marconi Perillo - Reunião com reitores da UEG PUC, UFG, UNI-Evangélica - Foto Cristina Cabral 02O governador Marconi Perillo reafirmou nesta segunda-feira, dia 11, em encontro de confraternização com reitores e dirigentes de instituições de ensino superior parceiras da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) na Bolsa Universitária, que o Governo de Goiás vai cumprir a meta de alcançar 200 mil estudantes beneficiados com o programa até o final de 2018. A reunião foi no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, com participação de cerca de 50 representantes de faculdades e universidades.

Já se encontra em andamento na OVG, a gestora da Bolsa, o processo de inclusão de novos beneficiados em fevereiro de 2018. No segundo semestre, a seleção de novos alunos permitirá concretizar o total projetado de 200 mil alunos contemplados pelo PBU desde a criação do programa, em 1999. O encontro, aberto com as bênçãos de Damaskinos Mansour, da Igreja Ortodoxa de Antioquia e do Brasil, teve a presença de diretores da OVG, reitores e representantes de universidades e instituições do ensino superior federais, filantrópicas e particulares.

O governador agradeceu a todos os representantes de instituições parceiras da OVG e do Governo do Estado “por continuarem acreditando nesse programa que resgata sonhos e torna mais democráticas as oportunidades de um bom emprego e um bom curso de graduação”, disse. Ele lembrou que o PBU, criado no seu primeiro mandato de governador, inspirou a criação do ProUni e do Fies, ambos do governo federal.

“O verdadeiro desenvolvimento humano se faz com educação de qualidade, da creche ao ensino superior, indo até a pós-graduação. Nosso governo tem um compromisso com todas essas etapas do ensino-aprendizagem, com a pesquisa e a inovação através das universidades”, disse Marconi. “Estamos trabalhando, com o Goiás Mais Competitivo e Inovador (GMCI), a abertura de vagas em creches. Melhoramos exponencialmente nosso desempenho no Ideb. A UEG cresceu e se consolidou. O Governo de Goiás tem parceria com investimentos na UFG. A Bolsa Universitária é hoje o maior programa estadual de inclusão no ensino superior no País”, afirmou o governador.

O presidente do Sindicato das Entidades Mantenedoras de Educação Superior do Estado de Goiás (Semesg), Jorge de Jesus Bernardo, ratificou a parceria com o governo estadual na implementação da Bolsa Universitária. “Esse não é um programa de Governo, mas um programa de Estado. Hoje, temos ex-bolsistas que trabalham até no exterior. Não fosse a Bolsa, eles não teriam essa oportunidade de formação profissional e ascensão social”, assinalou.

 

Últimas Notícias

Jornalista e radialista Laerte Junior morre aos 52 anos
Prazo para consolidar dívidas do Refis começa nesta segunda
Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
Receita libera hoje consulta a sétimo lote de restituição do IR 2018
Intenção de investimentos da indústria cresce 4,4 pontos
Mercado reduz estimativa de inflação pela sétima vez
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
Anatel apreende mais de 126 mil produtos não certificados

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212