Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump quer reenviar homem à Lua, tendo Marte como destino final - Jornal Brasil em Folhas
Trump quer reenviar homem à Lua, tendo Marte como destino final


O presidente americano, Donald Trump, confirmou nesta segunda-feira (11) o desejo dos Estados Unidos de enviar astronautas à Lua pela primeira vez desde 1972, com o objetivo de preparar uma missão tripulada a Marte.

Desta vez, não vamos apenas fincar nossa bandeira e deixar nossa pegada, disse Trump na Casa Branca, ao assinar da nova diretriz.

Vamos estabelecer uma fundação para uma eventual missão a Marte e talvez, algum dia, para muitos mundos além.

A última vez que astronautas americanos foram à Lua foi durante as missões Apollo nos anos 1960 e 1970.

Em 20 de julho de 1969, o astronauta americano Neil Armstrong se tornou o primeiro homem a caminhar na Lua.

Trump e o vice-presidente, Mike Pence, que lidera o renovado Conselho Nacional Espacial, havia prometido explorar a Lua mais uma vez, mas tinha dado poucos detalhes.

Ao lado de Pence e de duas astronautas, Trump disse que a diretriz irá reorientar o programa espacial para exploração e descoberta humanas e marca um importante passo no retorno de astronautas americanos à Lua pela primeira vez desde 1972.

O objetivo das novas missões à Lua incluiriam a exploração a longo prazo de sua superfície.

Um comunicado da Casa Branca informou que os Estados Unidos trabalharão com outras nações e indústrias privadas para enviar novamente os astronautas à Lua, desenvolvendo a tecnologia e os meios para a exploração tripulada de Marte e outros destinos em nosso sistema solar.

Enviar pessoas ao Planeta Vermelho tem sido um objetivo dos Estados Unidos há anos.

A primeira missão tripulada a Marte é planejada para a década de 2030.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212