Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Três anúncios para um crime lidera indicações ao SAG - Jornal Brasil em Folhas
Três anúncios para um crime lidera indicações ao SAG


A comédia de humor negro de Martin McDonagh, Três anúncios para um crime, recebeu o maior número de indicações nesta quarta-feira (13) para a premiação do Sindicato de Atores Americanos, o SAG, considerado uma prévia do Oscar.

O filme recebeu quatro indicações em três categorias - melhor elenco, melhor atriz principal (Frances McDormand) e melhor ator coadjuvante (Woody Harrelson e Sam Rockwell).

Junto com Três anúncios para um crime na disputa pelo prêmio de melhor elenco - o mais importante do SAG - está a comédia romântica Doentes de amor, a sátira racial Corra!, a excêntrica comédia dramática Lady Bird: é hora de voar e o drama de direitos civis Mudbound: lágrimas sobre o Mississipi.

Na disputa televisiva, três séries estão empatadas no topo com quatro indicações cada: o drama da HBO Big Little Lies, e - incluindo a indicação de melhor elenco de dublês - o suspense sci-fi da Netflix Stranger Things e a comédia sobre luta livre GLOW.

As indicações do SAG são o segundo maior anúncio da temporada de premiação no Tinseltown, que tem seu ponto alto com o Oscar, em março.

O aclamado romance fantástico de Guillermo del Toro que se passa nos anos 1960, A forma da água, liderou as indicações ao Globo de Ouro na segunda-feira, com sete, mas no SAG conseguiu apenas duas.

Embora menos glamourosa que a do Globo de Ouro, a premiação do SAG é vista como uma prévia do Oscar, já que seus membros representam cerca de 1.200 dos aproximadamente 6.000 votantes da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Os prêmios estão sendo acompanhados de perto este ano devido ao envolvimento de Hollywood no maior escândalo de má conduta sexual de sua história.

Denúncias que vão do assédio ao estupro provocaram a queda de muitos poderosos da indústria, desde o magnata do cinema Harvey Weinstein passando por atores como Kevin Spacey, Jeffrey Tambor e Louis C.K., ao produtor Brett Ratner.

Nenhuma das figuras de Hollywood diretamente envolvidas nos escândalos foi mencionada pelo SAG, apesar da coprotagonista de Spacey em House of Cards, Robin Wright, ter sido indicada.

Três anúncios para um crime, com McDormand vivendo uma mãe que quer vingar o estupro e assassinato de sua filha, foi indicado em seis categorias do Globo de Ouro e pode ser o principal concorrente no Oscar desde que recebeu o prêmio do público no Festival Internacional de Cinema de Toronto, em setembro.

- Desprezo e surpresas -

Na categoria de melhor ator, Timothee Chalamet (Me chame pelo seu nome) disputa com James Franco (Artista do desastre), Daniel Kaluuya (Corra!), Gary Oldman (O destino de uma nação) e Denzel Washington (Roman J. Israel, Esq.).

Para o prêmio de melhor atriz, McDormand enfrenta Judi Dench (Victoria e Abdul: o confidente da rainha), Sally Hawkins (A forma da água), Margot Robbie (Eu, Tonya) e Saoirse Ronan (Lady Bird: é hora de voar).

Esta foi uma grande manhã para a gigante do streaming Netflix, no topo da lista de indicados, com 19, à frente do canal por assinatura HBO (12) e da emissora NBC (3).

Enquanto os nomes dos indicados eram aguardados com ansiedade, muitas produções e suas estrelas surpreendentemente ficaram de fora, como as atrizes Olivia Munn (X-Men: Apocalipse) e Niecy Nash (Claws, The Soul Man) em West Hollywood.

Isso também ocorreu com o elenco da aclamada série da Netflix Unbreakable Kimmy Schmidt, que saiu de mãos vazias.

Nas indicações de filmes, não sobrou nada para o favorito à indicação do Oscar The Post: a guerra secreta. Dunkirk, outro forte competidor da temporada de premiação, só teve indicação, para o elenco de dublês.

Armie Hammer e Michael Stuhlbarg estão entre os favoritos a duas indicações na categoria de melhor ator coadjuvante no Oscar pelo drama Me chame pelo seu nome, mas não foram mencionados nesta quarta-feira.

And Freddie Highmore ganhou uma indicação ao Critics Choice Awards por Bates Motel e uma no Globo de Ouro por The Good Doctor, mas não no SAG.

Os vencedores da 24ª premiação anual do SAG serão anunciados em 21 de janeiro, em Los Angeles, em uma cerimônia transmitida ao vivo pelos canais TNT e TBS.

No ano passado, a comédia dramática biográfica da Fox Estrelas além do tempo venceu o prêmio de melhor elenco, o equivalente ao Oscar de melhor filme.

 

Últimas Notícias

Filmes brasileiros são competitivos, segundo estudo da Ancine
Barroso diz que debate sobre aborto deve ser feito no Supremo
Votação da MP do saneamento é adiada
Sociedade vive crise global de refugiados sem precedentes, diz Toffoli
Alexandre de Moraes diz que papel do STF é evitar ditadura da maioria
Reportagem da TV Brasil ganha Prêmio Patricia Acioli
Bolsonaro volta a Brasília para dois dias de reuniões
Doria se reúne com governadores às vésperas de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212