Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Pezão diz que salários atrasados serão pagos a servidores antes do Natal - Jornal Brasil em Folhas
Pezão diz que salários atrasados serão pagos a servidores antes do Natal


O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, se comprometeu a pagar os salários atrasados dos servidores do estado “imediatamente” após a liberação do empréstimo assinado com o banco BNP Paribas, o que deve ocorrer na próxima semana.

Após se reunir hoje (14) com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e garantir o aval da União para a formalização do empréstimo, Pezão disse ter certeza que os pagamentos serão pagos aos funcionários estaduais antes do Natal.

Segundo ele, após acertos finais, o contrato está pronto e será assinado formalmente em uma cerimônia amanhã (15), no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Michel Temer. Oficialmente, o repasse inicial da instituição financeira, de R$ 2 bilhões, será feito em até três dias úteis, mas Pezão disse ter feito um apelo para que o dinheiro seja liberado antes. Mais R$ 900 milhões serão repassados em 60 dias.

O décimo terceiro salário de 2016 e os atrasados de quem não recebeu o salário do mês de outubro deste ano serão pagos com prioridade, informou o governador. Pezão disse que ainda está fazendo os cálculos das demais dívidas que poderão ser pagas de imediato. “O importante é que é tudo para o servidor e eu tenho certeza que com esse passo que estamos dando hoje, em 2018 não vamos ter mais esse tipo de problema pelo próprio acordo assinado de recuperação”, afirmou.

“Ainda vamos ter um janeiro com muita luta, mas queremos no mês que vem ainda, se Deus quiser, colocar o décimo terceiro salário de 2017 em dia. A arrecadação está crescendo. Eu acredito que, com o país entrando nessa rota de crescimento, com o preço do barril do petróleo crescendo, vamos ter um ano de 2018 bem melhor”, avaliou Pezão.

O contrato com o BNP Paribas prevê um empréstimo de R$ 2,9 bilhões ao Rio de janeiro, permitidos após aval da União após a assinatura do plano de recuperação do estado. Uma das garantias do acordo é a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) para pagamento do empréstimo.

De acordo com o secretário de Fazenda do Rio de Janeiro, Gustavo Barbosa, o estado já gerou as folhas de pagamento e “no mesmo dia” em que o dinheiro for liberado, os servidores receberão os salários atrasados. Segundo ele, o pagamento do empréstimo e dos juros será feito em 36 meses com a possibilidade de liquidação antecipada com a venda da Cedae.

 

Últimas Notícias

Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Marcha da Consciência Negra pede democracia, direitos e fim do racismo
Bolsonaro diz que vai seguir normas legais para indicação à PGR
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Laerte Bessa
Reunião do Escola sem Partido é novamente suspensa em comissão mista
Eunício e equipe do futuro governo voltam a discutir cessão onerosa
Brasil encerra o ano com vitória sobre Camarões por 1 a 0

MAIS NOTICIAS

 

Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
 
 
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
 
 
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
 
 
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados
 
 
Bolsonaro confirma Mandetta para a Saúde
 
 
México habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212