Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Marun se diz um soldado de Temer ao assumir Secretaria de Governo - Jornal Brasil em Folhas
Marun se diz um soldado de Temer ao assumir Secretaria de Governo


O novo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (PMDB-MS), tomou posse do cargo nesta sexta-feira (15), no Palácio do Planalto. Marun substitui Antônio Imbassahy (PSDB-BA), que comandou a pasta desde fevereiro e agora vai retomar seu mandato de deputado federal. Dirigindo-se a Temer, Marun colocou-se como um “soldado” a serviço do presidente.
Brasília - O novo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, durante cerimônia de posse, no Palácio do Planalto (Valter Campanato/Agência Brasil)

Na posse, Carlos Marun, disse que abre mão da reeleição para ficar no governo até o final.

“Vejo no senhor um homem determinado a fazer aquilo que o Brasil precisa. Hoje, abro mão da minha reeleição para estar ao vosso lado, se for o vosso desejo, até que essa grande tarefa se conclua. […] Afirmo que serei e sou, a partir desse momento, um soldado sob o vosso comando em sua árdua luta para fazer do vosso país um país melhor para todos os brasileiros”. Vários ministros, líderes partidários, prefeitos de municípios de Mato Grosso do Sul, embaixadores e parentes do ministro também participaram da posse.

Marun afirmou que, em três anos de experiência no Congresso Nacional, conquistou a confiança dos parlamentares da base de apoio do governo e o respeito da oposição. Em seu discurso, ele reconheceu que a reforma da Previdência é o maior dos desafios entre os projetos da atual gestão.

“Eu assumo esta função consciente disso. Precisamos de uma Previdência mais justa e menos desigual para todos os brasileiros. Não é possível que aceitemos continuar convivendo com o sistema previdenciário que tira dos mais humildes e destina recursos aos mais aquinhoados, este é o grande desafio”, declarou Marun.

O ministro disse que acredita no “senso de responsabilidade” do Congresso Nacional para votar a reforma e que a aprovação da proposta pode contribuir para viabilizar a economia do país e fazer 2018 “um momento histórico de crescimento”.

O ministro recém-empossado destacou os avanços da economia e o trabalho realizado pelo ocupante anterior da pasta, Antonio Imbassahy, na articulação política do governo, reconhecendo que será um desafio assumir a pasta em lugar do deputado baiano.

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212