Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mudança em FGC afetará mais investidores do que as instituições, afirma vice-presidente do Banco Inter - Jornal Brasil em Folhas
Mudança em FGC afetará mais investidores do que as instituições, afirma vice-presidente do Banco Inter


SÃO PAULO - As regras de cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Créditos) podem estar prestes a mudar, segundo informou o jornal Valor Econômico na terça-feira (12), e as alterações em estudo devem impactar negativamente muito mais os investidores em potencial do que as instituições financeiras, segundo Alexandre Riccio de Oliveira, vice-presidente do Banco Inter.

A proposta em estudo e que tem grandes chances de aprovação limitaria a garantia a um volume global de R$ 1 milhão por CPF, com a cobertura de R$ 250 mil por emissor sendo mantida. De acordo com a publicação, a proposta ainda precisa ser aprovada em assembleia do FGC e ter o aval do Banco Central, que tem estudado os impactos de uma mudança como esta.

O CMN (Conselho Monetário Nacional) tem reunião marcada para o próximo dia 21 e a proposta pode ser incluída na pauta. Contatado pelo InfoMoney, assessoria de imprensa disse que o FGC não comentaria o assunto.

Para Oliveira, se a medida for aprovada, trará perdas principalmente para a parcela da população com pouco conhecimento em finanças e investimentos. Entendemos que essa medida trará perda porque vai aumentar a necessidade de estudo da população sobre finanças, de tomada de decisão mais sofisticada. É uma perda para o sistema, já que mudança cultural e em mercado é difícil, explica o vice-presidente do Banco Inter.

Segundo o jornal, a decisão de se fazer uma mudança ocorre por conta de um entendimento de que houve abuso da proteção oferecida e que o FGC se tornou uma peça de marketing para bancos menores captarem. Tudo isso tem incomodado os grandes bancos, enquanto o investidor tem negligenciado o risco.

Entendemos que o FGC tem uma participação importante no aumento da competitividade do setor e na redução do spread, de criar cultura na população de que é possível fazer aplicação em instituição de pequeno e médio porte. As pessoas demoram um pouco a se acostumar com isso, mas tem efeito de longo prazo positivo para o sistema. Se for de fato aprovada, essa mudança vai alterar todo o envolvimento cultural e trazer uma série de pontos de interrogação aos investidores, avalia Oliveira.

Vale lembrar que, pela regra atual, o fundo garante depósitos de até R$ 250 por instituição financeira. Ou seja, é possível ser coberto de forma ilimitada desde que o investidor tenha aplicações em diferentes bancos e que em cada uma não seja ultrapassada este valor. O FGC garante depósitos em conta corrente, caderneta de poupança, CDB, LCI, LCA, letras de câmbio, letras imobiliárias, letras hipotecárias e operações compromissadas.

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212