Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fechadura forçada de Watergate é leiloada por US$ 62.500 - Jornal Brasil em Folhas
Fechadura forçada de Watergate é leiloada por US$ 62.500


A fechadura de uma porta forçada em 1972 na sede do partido democrata no edifício do Watergate, em Washington, foi vendida por 62.500 dólares na noite de quinta-feira, anunciou a casa de leilões Nate Sanders.

A entrada forçada nesses escritórios resultou no maior caso de espionagem política e no maior escândalo político na história dos Estados Unidos.

A descoberta (por um vigilante) desta fechadura forçada e a posterior prisão dos cinco ladrões geraram uma reação em cadeia que finalmente levou à renúncia do presidente Richard Nixon, disse a casa leilões, que havia fixado o preço de saída em 50.000 dólares.

A fechadura comum, um mecanismo de alumínio que pesa dois quilos, foi conservada como uma relíquia durante quase meio século pelo zelador do prédio depois que foi substituído no dia seguinte ao arrombamento.

O objeto foi vendido com documentos que certificavam tanto sua procedência como o fato dele ter sido extraído da porta do apartamento 600, acessível pela escada 2 no Virginia Avenue, 2600, o endereço do prédio de escritórios dentro do complexo Watergate, de seis edifícios.

O roubo frustrado aconteceu na madrugada de 17 de junho de 1972. Uma longa investigação realizada por dois repórteres do Washington Post, Carl Bernstein e Bob Woodward, revelou que os homens com equipamentos de escuta haviam sido enviados pela administração republicana de Nixon.

Por esta operação de espionagem e pelas tentativas posteriores de seus familiares para obstruir a justiça, Richard Nixon se viu obrigado a deixar o cargo em meados de 1974. Ele continua sendo o único presidente na história dos Estados Unidos que renunciou.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212