Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Papa fala com presidente do Equador sobre Amazônia e corrupção - Jornal Brasil em Folhas
Papa fala com presidente do Equador sobre Amazônia e corrupção


O papa Francisco recebeu neste sábado pela primeira vez no Vaticano o presidente do Equador, Lenín Moreno, em uma audiência em que falaram sobre a defesa da Amazônia e a corrupção.

Foram abordados alguns temas de interesse comum como o respeito pelos povos indígenas e sua cultura, assim como a proteção do meio ambiente, indicou a Santa Sé em um comunicado.

O meio ambiente é um tema muito sensível para o Papa, que convocou para outubro de 2019 um sínodo (reunião de bispos) especial dedicado à Amazônia.

Ao término do encontro, o chamado papa ecológico presentou Moreno com sua encíclica Laudato Si, de 2015, um documento-chave de seu pontificado.

Isto é sobre o cuidado do ambiente. Sobre o que falamos sobre o Amazonas, afirmou sua santidade aos jornalistas presentes.

A primeira viagem de Moreno à Europa coincide com o anúncio da justiça equatoriana sobre a condenação em primeira instância a seis anos de prisão do vice-presidente Jorge Glas, por ter recebido 13,5 milhões de dólares em propinas da empreiteira brasileira Odebrecht.

O escândalo envolvendo a Odebrecht sacudiu os círculos do poder e a política de quase todos os países da região e não se descarta que em função disso ainda possam ser cortadas muitas cabeças.

Na viagem, Moreno ainda recebeu oficialmente dos Museus Vaticanos uma tzanza, o pequeno crânio de um guerreiro da tribo amazônica Shuar, que fazia parte da coleção do museu.

A devolução de uma peça é algo raro para a instituição, que tem uma das maiores coleções de arte e arqueologia do mundo. A tzanza nunca foi exposta.

As negociações entre delegados do Vaticano, representantes do setor etnográfico e o atual ministro de Cultura e Patrimônio do Equador, Raúl Pérez Torre, começaram em agosto passado, em Quito.

A peça será entregue ao Museu Etnográfico de Pumapongo, na cidade equatoriana de Cuenca (sul).

 

Últimas Notícias

Michelle Bolsonaro e Marcela Temer visitam o Palácio da Alvorada
STF adia decisão definitiva sobre decreto de indulto natalino
Empresário repassou mansão a Adriana Ancelmo, diz delator
Audiência debate mudanças no currículo dos cursos de engenharia
Presidente eleito se reúne com Mozart Ramos, do Instituto Ayrton Senna
MP quer multar prefeitura de SP por falta de manutenção de viadutos
Criação de emprego formal desacelera 24,6% em outubro, revela Caged
Fábio Ramalho considera normal sua candidatura à presidência da Câmara

MAIS NOTICIAS

 

Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
 
 
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
 
 
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
 
 
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados
 
 
Bolsonaro confirma Mandetta para a Saúde
 
 
México habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212