Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Presidente Hernández declarado vencedor em polêmica eleição em Honduras - Jornal Brasil em Folhas
Presidente Hernández declarado vencedor em polêmica eleição em Honduras


O presidente Juan Orlando Hernández foi declarado oficialmente como vencedor na polêmica eleição em Honduras, ao mesmo tempo que a oposição anunciou a retomada dos protestos.

O presidente reeleito para o quadriênio 2018-2022 é o cidadão Juan Orlando Hernández Alvarado, afirmou o presidente do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), David Matamoros, três semanas após a votação, que provocou uma polêmica apuração.

O anúncio aconteceu poucas horas depois da viagem do candidato da Aliança Opositora contra a Ditadura, Salvador Nasralla, a Washington para apresentar argumentos sobre a suposta fraude eleitoral à Organização dos Estados Americanos (OEA) e ao Departamento de Estado americano.

O coordenador da aliança de oposição, o ex-presidente Manuel Zelaya, rejeitou a proclamação de Hernández como vencedor.

Rejeitamos absolutamente a declaração do Tribunal Supremo Eleitoral e não reconhecemos qualquer ato porque o povo reconhece Salvador Nasralla como presidente, declarou Zelaya.

Zelaya pediu às Forças Armadas e à polícia que aceitem Nasralla como presidente eleito.

Esta eleição tem que ser anulada. Esta eleição é nula e não vamos respeitá-la, insistiu o ex-presidente, derrubado por um golpe de Estado em 2009.

Um dia antes do anúncio, a irmã do presidente, Hilda Hernández, morreu em um acidente com um helicóptero militar no qual viajava perto da região de Tegucigalpa, o que explica a falta de comemoração no domingo na sede do governante Partido Nacional (PN), que apoiou a reeleição do presidente.

Juan Orlando Hernández, de 49 anos, candidato pelo PN, recebeu 42,95% dos votos, contra 41,24% de Nasralla, um popular apresentador de televisão de 64 anos, de acordo com os dados apresentados no domingo pelo TSE.

Foram eleições com uma transparência nunca vista em Honduras. Desejamos a paz e que voltemos a nos abraçar como irmão, disse Matamoros.

As dúvidas sobre os resultados surgiram porque após a apuração de 57% dos votos, Nasralla aparecia com cinco pontos de vantagem. Nos dias seguintes, no entanto, após uma série de interrupções no sistema de apuração do TSE, Hernández assumiu a liderança e a manteve até o fim da contagem dos votos.

A mudança provocou a revolta dos simpatizantes da oposição, que saíram às ruas para protestar, em manifestações reprimidas pelas forças de segurança.

Nasralla afirmou que 20 pessoas morreram nos protestos, mas o número não foi confirmado pelas autoridades.

O vice-diretor da missão de observadores da União Europeia (UE), Antonio de Gabriel, afirmou que aliança opositora entregou cópias de mais de 14.000 atas de apuração e que os resultados coincidem com os que foram publicados pelo TSE.

O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, recomendou que o único caminho possível para que o vencedor seja o povo de Honduras é uma nova convocação de eleições gerais.

 

Últimas Notícias

Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212