Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Leilão de energia movimenta R$ 5,6 bilhões e gera economia para consumidores - Jornal Brasil em Folhas
Leilão de energia movimenta R$ 5,6 bilhões e gera economia para consumidores


O 25º leilão de Energia Nova (A-4) realizado hoje (18) pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) movimentou R$ 5,6 bilhões em contratos, envolvendo 39,113 mil gigawatts-hora (MWh) de energia comercializada ao preço médio R$ 144,51 por MWh, um deságio médio de 54,65% em relação ao teto dos preços estabelecidos, o que representou uma economia para os consumidores finais de R$ 6,8 bilhões.

Segundo informações da CCEE, do leilão resultou na contratação de 25 empreendimentos de geração de energia, sendo uma Pequena Central Hidrelétrica – PCH (5 MW médios); uma Central de Geração Hidrelétrica - CGH (0,8 MW médio); uma térmica movida a biomassa (8,6 MW médios); duas usinas eólicas (35,6 MW médios); e outras 20 usinas solares fotovoltaicas (170,2 MW médios).

Os empreendimentos contratados estão localizados nos estados do Piauí, envolvendo um total de oito usinas; Pernambuco (5 usinas); Bahia (4 usinas); São Paulo (3 usinas); Rio Grande do Norte (2 usinas); e Mato Grosso, Espírito Santo e Goiás, todos com uma usina cada.

Participaram do leilão, na condição de compradoras da energia negociada, sete concessionárias de distribuição: CEA, CEAL, Cepisa, Coelba, Copel D, EDP ES, Elektro. Os contratos são de 30 anos para as usinas hidrelétricas na modalidade por quantidade e 20 anos para as usinas a biomassa, eólicas e solares.

Segundo informações divulgadas em nota pela CCEE, ao todo, os projetos contratados totalizam 228,7 MW médios de garantia física, e as usinas deverão iniciar o fornecimento de energia elétrica a partir de 1º de janeiro de 2021.

O preço médio final do leilão para as usinas hidráulicas foi de R$ 181,63 por MWh. No caso da usina térmica movida a biomassa, o preço médio foi de R$ 234,92/MWh, para as plantas eólicas foi de R$ 108/MWh e para as usinas solares o preço médio fechou em R$ 145,68/MWh.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212