Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Estudantes de medicina protestam por melhora do curso em Salvador - Jornal Brasil em Folhas
Estudantes de medicina protestam por melhora do curso em Salvador


Cerca de 150 estudantes de medicina da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) realizaram um protesto, nesta segunda-feira (22), por melhora na infraestrutura do curso e pela contratação de novos professores. Com faixas e cartazes, os manifestantes se reuniram em frente à Secretaria de Administração do Estado da Bahia, em Salvador.

Segundo os alunos, o curso de graduação de Medicina da universidade precisa de 20 professores, incluindo os que devem lecionar no próximo semestre no período de internato – estágio obrigatório em serviços de saúde para complementar e aprimorar a formação dos futuros médicos.

O estudante do 8º período William de Oliveira ingressou na Uneb em 2012 e conta que corre o risco de não fazer o internato, obrigatório a partir do 9º semestre, já que não há docentes para ensinar disciplinas obrigatórias no próximo semestre.

“Tem matérias do 8º semestre que não estou conseguindo concluir, porque não tem professores e nem para o internato. E não há previsão para a chegada dos docentes porque não temos previsão para o concurso. A gente tem que lutar por melhores condições de ensino, tanto para a minha turma, quanto para as que vêm em seguida, porque o que eu não tive agora, quero que eles tenham, de qualquer forma”, completou o veterano.

O secretário do Centro Acadêmico de Medicina da universidade e aluno do quinto período, Vinícius Santos, relatou que o problema não é somente a falta de professores.

“[Precisamos também de] vínculos com os serviços de saúde, hospitais e outros serviços, para as práticas, que nós não temos. Além de um laboratório de habilidades, que não existe, há uma interminável construção do ambulatório de pediatria que nunca fica pronto”, relatou o estudante.

Vinícius Santos foi um dos alunos recebidos pela Secretaria de Administração do Estado da Bahia para negociar o cumprimento das demandas dos estudantes. Ele conta que a secretaria alegou contenção de gastos e informou que a Uneb deve solicitar a abertura de um novo concurso, com recursos próprios.

Segundo o aluno, um novo pedido de reunião deve ser protocolado amanhã (23) nas Secretarias de Saúde, de Educação e na Governadoria do Estado.

Além da faculdade de medicina da Uneb, todos os cursos do Departamento de Ciências da Vida chamam a atenção para os problemas de estrutura no campus. Por isso, estudantes e professores do departamento suspenderam as aulas nesta segunda, na quarta (24) e na sexta-feira (26) desta semana.

Em nota, a Secretaria de Educação do Estado da Bahia explicou que a seleção para professores e a oferta de estágio para estudantes da área de saúde da Uneb estão garantidos pelo governo do Estado. O órgão informou ainda que um edital de seleção para contratação temporária de professores da área de saúde, o Reda, está sendo elaborado.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212