Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Obama diz que prisão de Guantánamo mina a segurança nacional - Jornal Brasil em Folhas
Obama diz que prisão de Guantánamo mina a segurança nacional


O presidente Barack Obama comentou hoje (23), em pronunciamento na Casa Branca, sobre o plano para fechar “de uma vez por todas” a prisão norte-americana na Baía de Guantánamo, em Cuba, a 150 quilômetros da Flórida. “Manter a prisão aberta mina a segurança nacional e mancha o registro norte-americano de sustentar os mais altos padrões de Estado de Direito”, disse Obama. “Vamos encerrar um capítulo na história”.

Segundo o presidente dos Estados Unidos, por muitos anos, o centro de detenção na Baía de Guantánamo não tem promovido a segurança dos EUA. “[A prisão] é portanto contraproducente para a nossa luta contra os terroristas, que usam [Guantánamo] como propaganda em seus esforços para recrutar [novos adeptos]”.

Obama disse que Guantánamo drena recursos militares, tendo exigido para seu funcionamento cerca de US$ 450 milhões no ano passado e mais de US$ 200 milhões em custos adicionais necessários para manter a prisão aberta no futuro. “Guantánamo prejudica nossas parcerias com os aliados, parcerias necessárias [para lutar] contra o terrorismo”.

Em um dos primeiros atos como presidente dos Estados Unidos, Obama adotou medidas de transferências de presos com a intenção de fechar a prisão de Guantánamo. Dos cerca de 800 presos antes existentes em Guantánamo, agora há 91. Hoje (23), o Departamento de Defesa norte-americano apresentou um plano ao Congresso visando a fechar o estabelecimento prisional e transferir para território norte-americano os presos que ainda se encontram no local.

Vamos trabalhar com o Congresso para encontrar um local seguro nos Estados Unidos para manter os detentos restantes”, disse Obama. Os parlamentares do Partido Republicano prometem se opor ao plano de Obama de fechar a prisão de Guantánamo. Segundo os integrantes do partido de oposição a Obama, é preciso – antes do fechamento da prisão - receber garantias do governo cubano de que vai respeitar os direitos humanos.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212