Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 CVM exige suspensão de oferta de investimento para minerar bitcoin - Jornal Brasil em Folhas
CVM exige suspensão de oferta de investimento para minerar bitcoin


Mesmo sem lançar uma regra que estabeleça parâmetros para a negociação de bitcoins, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários), regulador do mercado de capitais, já começa a colocar limites para tentar conter um pouco da euforia gerada em torno da criptomoeda.

Nesta terça (19), a autarquia emitiu um alerta contra uma empresa que convocava interessados em comprar cotas de investimento para financiar a mineração de bitcoins. A mineração é o processo pelo qual as criptomoedas são geradas.

A companhia, de Andre Luis Paulo Tomasi Vshivtsev, fazia a oferta por meio do site Hashcoin Brasil. O problema identificado pela autarquia não diz respeito à criptomoeda, diz Fábio Pacileo Costa, do Rolim de Mello Sociedade de Advogados.

Pelas regras da CVM, qualquer oferta pública no mercado de capitais deve ser submetida à autarquia, embora a operação em si possa ser dispensada de registro.

"A CVM entendeu que a empresa do Andre Luis não fez pedido de registro, que é regido pela instrução CVM 400 [das ofertas públicas]. Ela é taxativa quanto à necessidade de registro", afirma.

Ele também poderia ter recorrido a uma instrução das CVM que disciplina o investimento em "equity crowdfunding" -modalidade de financiamento coletivo em que o investidor compra ações para apoiar as atividades da companhia. "Como nada disso foi observado, a CVM decidiu intervir e mostrar que, para fazer uma atividade como essa, é preciso receber o aval da autarquia", diz.

No site, a empresa, de Bento Gonçalves (RS), diz que, ao comprar uma cota, o investidor "passa a receber bitcoins diariamente provenientes da mineração correspondente ao poder de processamento de suas cotas".
Afirma ainda que está "buscando através do meios legais" a regulamentação do "modelo de oferta para voltar com a normalidade de nossas operações de venda".

VAIVÉM

A demanda por bitcoins tem ganhado força nos últimos meses, na esteira da valorização de 1.630% da criptomoeda no ano.

Nos dois últimos dias, o bitcoin teve desvalorização de mais de 10%, afetado pela notícia de que uma corretora sul-coreana que fazia a intermediação da moeda pediu falência após sofrer o segundo ataque hacker neste ano -há suspeita de envolvimento da Coreia do Norte na ação.

A informação gerou preocupação sobre a segurança na negociação do bitcoin.

A corretora, Youbit, foi invadida em abril, quando cerca de 4.000 bitcoins foram roubados em um ciberataque. Na ação desta terça, a companhia afirmou que a perda atingiria 17% de seus ativos totais.

Até agora, nem CVM nem Banco Central emitiram qualquer regulação sobre o bitcoin. Recentemente, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, declarou que o risco de bolha de moedas virtuais, como o bitcoin, é elevado e que essa ameaça é comparável às dos esquemas de pirâmide. Segundo ele, essas divisas são usadas como "instrumentos de atividades ilícitas".

 

Últimas Notícias

Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Marcha da Consciência Negra pede democracia, direitos e fim do racismo
Bolsonaro diz que vai seguir normas legais para indicação à PGR
Projeto que flexibiliza Lei da Ficha Limpa é arquivado do Senado
Conselho de Ética da Câmara arquiva representação contra Laerte Bessa
Reunião do Escola sem Partido é novamente suspensa em comissão mista
Eunício e equipe do futuro governo voltam a discutir cessão onerosa
Brasil encerra o ano com vitória sobre Camarões por 1 a 0

MAIS NOTICIAS

 

Grafiteira faz mural de 500 m2 no Rio para homenagear mulheres negras
 
 
Estados poderão decidir se darão aulas a distância no ensino médio
 
 
Estudante poderá escolher área a ser avaliada no segundo dia do Enem
 
 
PF prende suspeitos de ligações com facções criminosas em sete estados
 
 
Bolsonaro confirma Mandetta para a Saúde
 
 
México habilita 26 empresas brasileiras para compra de carne de frango

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212