Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Dois anos após interdição, passarela do Aeroporto de Congonhas é reaberta - Jornal Brasil em Folhas
Dois anos após interdição, passarela do Aeroporto de Congonhas é reaberta


Foi aberta hoje (26) a nova passarela do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista. A estrutura permite a circulação de pedestres por cima da Avenida Washington Luís, principal via da região. A passagem original, inaugurada em 1974, foi projetada pelo arquiteto Vilanova Artigas. No entanto, em outubro de 2015, o equipamento acabou interditado após ser detectado o risco de ruptura da passarela, que já havia recebido um escoramento preventivo no mês anterior.

O novo projeto, com valor total de R$ 6,7 milhões, foi custeado por um grupo de empresas. Idealizada pelo neto de Vilanova, Marco Artigas, e pela arquiteta Helena Camargo, a proposta dialoga com a antiga passarela ao recuperar a estrutura de concreto da escada em espiral no centro da passagem. As principais estruturas metálicas do novo projeto foram instaladas há pouco mais de um mês, pesando 53 toneladas e com 75 metros de comprimento.

A estimativa da prefeitura é de que 3 mil pessoas usem o equipamento por dia. A passarela está adaptada às normas de acessibilidade, com dois elevadores, rampas nas calçadas e corrimãos. Além disso, há sinalização em braille e piso tátil.

Em janeiro, o projeto deve ser finalizado, com a entrega de uma praça de lazer no local. O espaço terá 262 metros quadrados com bancos, espreguiçadeiras e banheiro público. O conjunto será vigiado por 12 câmeras de segurança.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212