Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Rebeldes sírios rejeitam reunião de paz na Rússia - Jornal Brasil em Folhas
Rebeldes sírios rejeitam reunião de paz na Rússia


Dezenas de grupos rebeldes sírios rejeitaram um pedido de Moscou para a organização de um encontro de cúpula com o regime de Damasco em janeiro em Sochi, com o objetivo de buscar uma solução ao conflito na Síria.

Rússia e Irã - aliados de peso do presidente sírio Bashar al-Assad - e Turquia - que apoia a rebelião - apresentaram a proposta para a organização de um congresso de diálogo nacional na cidade russa nos dias 29 e 30 de janeiro.

A sugestão foi apresentada no momento em que o equilíbrio de forças se inclina amplamente a favor do regime, que controla 55% do território sírio após infligir uma série de derrotas aos rebeldes.

Rejeitamos totalmente a tentativa da Rússia de evitar o processo de Genebra, afirma um comunicado divulgado por 40 grupos rebeldes, em referência às negociações de paz organizadas nesta cidade suíça pela ONU e que ainda não conseguiram esboçar um plano de paz.

Entre os grupos que assinaram o comunicado estão o influente movimento islamita Ahrar al-Sham e grupos que no passado receberam armas de Washington, como as brigadas Al-Motasem.

O regime de Damasco aceitou imediatamente participar na reunião de Sochi. O governo já criticou em várias ocasiões o processo de Genebra.

As negociações sempre esbarram na questão do futuro de Assad. Damasco se recusa a abordar a eventualidade de sua saída do poder, exigida pela oposição.

A complexa guerra na Síria deixou mais de 340.000 mortos desde março de 2011.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212