Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Agentes da Força Nacional que fazem segurança no RN sofrem tentativa de assalto - Jornal Brasil em Folhas
Agentes da Força Nacional que fazem segurança no RN sofrem tentativa de assalto


Dois agentes da Força Nacional que estão atuando no Rio Grande do Norte para reforçar a segurança pública no estado por causa da paralisação de policiais civis e militares foram alvos de uma tentativa de assalto na madrugada de hoje (27).

Segundo a Polícia Civil, os agentes trocaram tiros com três assaltantes que os atacaram no bairro de Lagoa Seca, em Natal, quando retornavam ao batalhão. Uma agente da Força Nacional foi atingida de raspão, na cabeça, levada a um hospital, medicada e liberada em seguida.

De acordo com o Ministério da Justiça, os dois integrantes da Força Nacional estavam à paisana, de folga e foram abordados quando estavam em um carro particular, voltando para o alojamento.

Durante a troca de tiros, um dos criminosos também foi atingido de raspão, no braço. Identificado como Guibson Alcântara da Costa Silva Filho, de 22 anos, ele também foi conduzido ao hospital, onde recebeu cuidados médicos ante de ser detido.

Desde o dia 22, um efetivo extra da Força Nacional de Segurança Pública faz patrulhamento ostensivo em Natal a fim de tentar garantir a segurança nas ruas e nos presídios. Foi o próprio governo estadual quem solicitou que a tropa federal, que já vem atuando no estado há mais de um ano, fosse reforçada devido à manifestação dos policiais e bombeiros, iniciada no dia 19, quando interromperam suas atividades alegando atraso nos salários.

No dia 25, a Justiça declarou a ilegalidade do movimento e determinou que policiais e bombeiros voltassem ao trabalho. Entidades que representam as categorias dizem que não há greve e ainda analisam o que fazer diante da decisão judicial, uma vez que as reivindicações dos policiais e bombeiros não foram atendidas pelo governo estadual, que alega dificuldades financeiras para pagar os salários de servidores públicos e já pediu auxílio federal.

Edição: Luana Lourenço

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212