Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Oposição pede anulação de eleições em Honduras por fraude - Jornal Brasil em Folhas
Oposição pede anulação de eleições em Honduras por fraude


A oposição hondurenha apresentou um recurso de anulação contra a declaração do tribunal eleitoral que reconhece o presidente Juan Orlando Hernández como vencedor das eleições de 26 de novembro, alegando fraude, informou nesta quarta-feira o grupo político.

Manuel Zelaya, coordenador da esquerdista Aliança de OPosição contra a Ditadura, que apoiou o apresentação de televisão de 64 anos, Salvador Nasralla como candidato, entregou o pedido ao Tribunal Supremo Eleitoral (TSE).

No entanto, na semana passada, o Nasralla anunciou que abandonou a luta pela presidência de Honduras, após os Estados Unidos reconhecerem como ganhador das eleições o presidente Hernández.

Com a decisão dos Estados Unidos eu saio de cena, declarou Nasralla ao canal HCH, onde trabalhou como apresentador.

Nasralla, 64 anos, foi o candidato da Aliança de Oposição Contra a Ditadura (esquerda) nas eleições de 26 de novembro.

Os Estados Unidos reconheceram na sexta-feira a reeleição de Hernández, mas insistiram na revisão, de maneira transparente e completa, de qualquer

impugnação referente às eleições, marcadas por suspeitas de fraude.

Nasralla assinalou que o reconhecimento de Hernández foi um precedente imposto por eles, em referência aos Estados Unidos, porque têm muito medo dos governos de esquerda.

O candidato opositor avaliou que a partir da declaração de Washington fica destruída a aliança de oposição liderada por Zelaya, que convocou a população a protestar nas ruas contra o roubo nas eleições.

Nasralla comunicou ainda sua saída da política para se dedicar a seus programas esportivos na principal rede de televisão do país, a Televicentro, se os proprietários o permitirem.

Mas o candidato derrotado destacou que ainda aguarda o resultado da ação da Organização dos Estados Americanos (OEA), cujo secretário-geral, Luis Almagro, propôs repetir as eleições diante das suspeitas de fraude.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212