Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Oposição pede anulação de eleições em Honduras por fraude - Jornal Brasil em Folhas
Oposição pede anulação de eleições em Honduras por fraude


A oposição hondurenha apresentou um recurso de anulação contra a declaração do tribunal eleitoral que reconhece o presidente Juan Orlando Hernández como vencedor das eleições de 26 de novembro, alegando fraude, informou nesta quarta-feira o grupo político.

Manuel Zelaya, coordenador da esquerdista Aliança de OPosição contra a Ditadura, que apoiou o apresentação de televisão de 64 anos, Salvador Nasralla como candidato, entregou o pedido ao Tribunal Supremo Eleitoral (TSE).

No entanto, na semana passada, o Nasralla anunciou que abandonou a luta pela presidência de Honduras, após os Estados Unidos reconhecerem como ganhador das eleições o presidente Hernández.

Com a decisão dos Estados Unidos eu saio de cena, declarou Nasralla ao canal HCH, onde trabalhou como apresentador.

Nasralla, 64 anos, foi o candidato da Aliança de Oposição Contra a Ditadura (esquerda) nas eleições de 26 de novembro.

Os Estados Unidos reconheceram na sexta-feira a reeleição de Hernández, mas insistiram na revisão, de maneira transparente e completa, de qualquer impugnação referente às eleições, marcadas por suspeitas de fraude.

Nasralla assinalou que o reconhecimento de Hernández foi um precedente imposto por eles, em referência aos Estados Unidos, porque têm muito medo dos governos de esquerda.

O candidato opositor avaliou que a partir da declaração de Washington fica destruída a aliança de oposição liderada por Zelaya, que convocou a população a protestar nas ruas contra o roubo nas eleições.

Nasralla comunicou ainda sua saída da política para se dedicar a seus programas esportivos na principal rede de televisão do país, a Televicentro, se os proprietários o permitirem.

Nesta quarta-feira, Zelaya prometeu que até o último dia de minha vida, da minha existência aqui na Terra, vou defender a vitória do povo, o triunfo da aliança e a vitória de Salvador Nasralla.

Luis Almagro, secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), recomendou a convocação de novas eleições diante das irregularidades constatadas por uma missão de observadores, mas o executivo hondurenho publicou uma carta nesta quarta-feira onde informa que não aceita tal solicitação, qualificada de ingerência.

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE