Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Pezão pede desculpas a servidores e garante salários regulares em 2018 - Jornal Brasil em Folhas
Pezão pede desculpas a servidores e garante salários regulares em 2018


O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, pediu desculpas aos servidores e pensionistas do estado pelos atrasos salariais ao longo de 2017, mas garantiu que os pagamentos voltarão a ser regulares em 2018. Pezão também disse que a segurança deverá melhorar no estado, com a compra de novas viaturas, contratação de policiais concursados e pagamento de RA (Regime Adicional de Serviço, relativo às horas extras da tropa), o que garantirá mais efetivo nas ruas.

“Eu quero pedir desculpas ao servidor público por ter atrasado o seu pagamento, por não ter dado previsibilidade. Mas eu tenho certeza que, no ano de 2018, ele vai ter uma vida com mais segurança, sabendo o dia que ele vai receber. A gente ainda tem uma parte de novembro e o 13º salário de 2017 a ser acertado. A partir do salário de janeiro, que é pago em fevereiro, nós vamos em dia até o final de 2018”, disse Pezão, após solenidade de entrega de cinco caminhões ao Corpo de Bombeiros, nesta quinta-feira (28), no Palácio Guanabara.

O governador também comentou a questão da segurança no Rio, que teve em 2017 momentos de violência intensa, com o enfraquecimento do projeto das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e o recrudescimento de confrontos entre facções rivais pelo controle de morros, um grande número de policiais assassinados e o aumento dos assaltos nas ruas.

De acordo com o governador, o Rio perdeu o equivalente a 3 mil policiais nas ruas por falta de recursos para pagamento de RA. “Queremos estabelecer a volta dos policiais para reforçar o policiamento. Depois que eu colocar a vida dos servidores em dia, eu quero começar a chamar esses policiais concursados. Eu tenho a certeza que nós vamos melhorar a segurança”, disse Pezão.

Entre as medidas que vão ajudar o caixa do estado em 2018, está o empréstimo de R$ 2,9 bilhões conseguidos tendo como aval as ações da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), cortes nas despesas da máquina pública, aumento da arrecadação com a indústria do petróleo, entre outros fatores.

Edição: Davi Oliveira

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212