Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Maduro agradece ao Brasil e Canadá por expulsão de diplomatas - Jornal Brasil em Folhas
Maduro agradece ao Brasil e Canadá por expulsão de diplomatas


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ironizou nesta quarta-feira as decisões do Brasil e Canadá de expulsar diplomatas venezuelanos, agradecendo aos dois países por acatarem a decisão da Assembleia Constituinte, que não reconhecem.

Me agrada muito (...) que o governo não eleito de extrema direita do Brasil e o governo com complexo imperialista, de extrema direita e racista do Canadá tenham reconhecido o poder plenipotenciário da Assembleia Nacional Constituinte, disse Maduro durante um ato oficial.

Chanceler, agradeça a eles de minha parte, por favor, oficialmente, por escrito, determinou Maduro a seu ministro das Relações Exteriores, Jorge Arreaza.

O governo do Canadá e o governo não eleito do Brasil acataram a decisão da Assembleia Nacional Constituinte, o que significa que são os primeiros governos de direita do continente a aceitar seu caráter plenipotenciário.

A presidente da Constituinte, Delcy Rodríguez, declarou no sábado persona non grata o embaixador brasileiro Ruy Pereira, e expulsou o encarregado de negócios canadense, Craig Kowalik.

Na terça-feira, o Brasil declarou persona non grata o diplomata venezuelano Gerardo Delgado, encarregado de negócios e o mais alto funcionário de Caracas no país, em reciprocidade à decisão do governo de Maduro.

Um dia antes, o Canadá anunciou que o embaixador venezuelano já não era bem-vindo e declarou o encarregado de negócios do mesmo país persona non grata.

As relações diplomáticas entre Brasil e Venezuela foram congeladas em agosto de 2016, após o impeachment de Dilma Rousseff (2011-2016).

Na ocasião, Caracas retirou seu embaixador e Delgado Maldonado passou a liderar a delegação no Brasil com o cargo de Ministro Conselheiro.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212