Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Autor de atentado em supermercado de São Petersburgo é detido - Jornal Brasil em Folhas
Autor de atentado em supermercado de São Petersburgo é detido


O autor do atentado de quarta-feira em um supermercado de São Petersburgo, que deixou 18 feridos, foi detido, informou neste sábado o Serviço de Segurança russo (FSB), segundo agências de imprensa do país.

O organizador e executante direto do detonador de um dispositivo explosivo artesanal em 27 de dezembro em um supermercado de São Petersburgo foi detido durante uma operação especial do FSB em 30 de dezembro [sábado], informou um comunicado citado pela agência Interfax.

O suspeito está sendo interrogado, acrescentou uma porta-voz do Comitê de Investigação russo, Svetlana Petrenko, citada em outro comunicado.

Uma fonte próxima ao caso interrogada pela agência Interfax informou que o suspeito é um morador de São Petersburgo de 35 anos chamado Dmitri Lukianenko e que é membro do movimento nacionalista New Age.

Na quarta-feira à noite, 18 pessoas ficaram feridas na explosão de uma bomba de fabricação caseira em um supermercado de São Petersburgo, segunda maior cidade da Rússia. Oito dos feridos continuavam hospitalizados neste sábado.

Este atentado foi reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), segundo um comunicado difundido por sua agência de propaganda Amaq.

A Rússia foi ameaçada várias vezes pelo EI e pelo braço sírio da Al-Qaeda após sua intervenção militar na Síria, em 30 de setembro de 2015.

São Petersburgo sofreu um atentado no metrô que deixou 16 mortos e dezenas de feridos no dia 3 de abril, e que foi reivindicado por um grupo pouco conhecido vinculado à rede Al-Qaeda.

Em meados de dezembro, os serviços de segurança russos anunciaram ter desmantelado, com ajuda das informações transmitidas pela CIA, uma célula do EI que preparava atentados para o dia 16 em São Petersburgo.

Após o anúncio do presidente Vladimir Putin em meados de dezembro de uma retirada parcial das tropas russas na Síria, os serviços de segurança disseram temer uma chegada de extremistas vindos da Síria e do Iraque, agora que o EI perdeu quase a totalidade do território que havia conquistado.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212