Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EUA condenam detenções de manifestantes no Irã - Jornal Brasil em Folhas
EUA condenam detenções de manifestantes no Irã


O governo americano condenou a onda de detenções no Irã durante as manifestações realizadas em Mashhad, a segunda maior cidade do país, e garantiu que o mundo está observando o que acontece no país.

Pelo menos 52 pessoas foram detidas na quinta-feira (30) em Mashhad (nordeste) em protestos contra o desemprego e a inflação.

Acusados pelo governo iraniano de estarem vinculados à oposição, os manifestantes voltaram às ruas na sexta-feira, gritando palavras de ordem hostis contra o presidente Hassan Rouhani.

O presidente americano, Donald Trump, afirmou neste sábado que os iranianos querem mudanças.

Os regimes opressores não podem durar para sempre e chegará o dia em que o povo iraniano poderá escolher, tuitou o presidente. O mundo está observando.

Trump criticou o Irã reiteradamente, classificando seu governo como um regime fanático e acusando de violar o acordo internacional que busca frear o programa nuclear de Teerã.

Em outubro, o presidente americano se negou a certificar que o Irã cumpre seus compromissos no âmbito do pacto, firmado durante o governo de seu antecessor Barack Obama. Deixou nas mãos do Congresso a possibilidade de retirada do país do acordo.

Ontem, a porta-voz da diplomacia americana, Heather Nauert, também se referiu aos protestos.

Os dirigentes iranianos transformaram um país próspero, dotado de uma história e de uma cultura ricas, em um estado relegado à deriva, que exporta principalmente a violência, o banho de sangue e o caos, disse Nauert, em um comunicado.

Washington condena firmemente a detenção de manifestantes pacíficos, completou o comunicado.

Exortamos todos os países a apoiarem publicamente o povo iraniano e suas demandas pelos direitos elementares e o fim da corrupção, completou Nauert.

- Algo por trás -

As declarações de Trump foram classificadas como oportunistas por Teerã.

O povo iraniano não dá valor algum, nem crédito às declarações oportunistas das autoridades americanas e de [Donald] Trump, minimizou o porta-voz do Ministério iraniano das Relações Exteriores, Bahram Ghasemi, citado pela imprensa local.

Ghasemi chamou de artimanha e de engano o apoio de alguns responsáveis americanos às concentrações em várias cidades iranianas nos últimos dias.

O primeiro-vice-presidente iraniano, Eshaq Jahangiri, deu a entender que opositores ao governo estariam por trás das manifestações dos últimos dias.

Alguns incidentes no país nesses dias aconteceram sob o pretexto das problemas econômicos, mas parece que há por trás deles, disse Jahangiri, em comentários divulgados pela estatal IRIB.

Eles acreditam que fazendo isso estão prejudicando o governo, afirmou, mas serão outros que vão aproveitar essa onda.

Um congressista afirmou que os protestos também encontraram eco no colapso de instituições de crédito e outros escândalos financeiros.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212