Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Papa Francisco pede mais esforços para garantir esperança e paz a refugiados - Jornal Brasil em Folhas
Papa Francisco pede mais esforços para garantir esperança e paz a refugiados


Em seu tradicional pronunciamento de Ano-Novo, o papa Francisco convocou os líderes mundiais a fazer mais pelos refugiados e migrantes, a quem chamou de “os mais fracos e necessitados”.

A temática dos refugiados foi escolhida pelo pontífice como tema do 51º Dia Mundial da Paz da Igreja Católica, celebrado no primeiro dia do ano. Cerca de 40 mil pessoas acompanharam o discurso hoje (1º) na Praça São Pedro, no Vaticano.

“Por essa paz, a qual todos têm o direito, muitos deles estão dispostos a arriscar suas vidas em uma jornada que é muitas vezes longa e perigosa. Eles estão dispostos a enfrentar a tensão e o sofrimento”, disse Francisco.

O papa destacou que a paz é um direito de todos e defendeu um esforço coletivo para não abandonar as populações que deixam seus lares. “Por favor, não extingamos a esperança em seus corações, não sufoquemos suas esperanças de paz. É importante que da parte de todos – instituições civis, educacionais, assistenciais e eclesiais – exista o esforço de assegurar aos refugiados, aos migrantes e a todos um futuro de paz”.

A situação dos migrantes e refugiados tem feito parte das preocupações e da agenda do papa Francisco. Recentemente, o pontífice se reuniu com expatriados muçulmanos em uma viagem a Myanmar e Bangladesh. Na ocasião, pediu a lideranças a solução dos problemas que causaram as saídas dessas pessoas de suas cidades.

Consumismo

Em outro discurso no primeiro discurso do ano, durante missa na Basílica de São Pedro, o papa questionou o consumismo da sociedade e pediu que os fiéis pratiquem o silêncio como forma de reflexão sobre o tema. “Reservar cada dia um tempo de silêncio com Deus é guardar a nossa alma, é guardar a nossa liberdade das banalidades corrosivas do consumo e dos aturdimentos da publicidade”.

*Com informações da Reuters

Edição: Luana Lourenço

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE