Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Papa Francisco pede mais esforços para garantir esperança e paz a refugiados - Jornal Brasil em Folhas
Papa Francisco pede mais esforços para garantir esperança e paz a refugiados


Em seu tradicional pronunciamento de Ano-Novo, o papa Francisco convocou os líderes mundiais a fazer mais pelos refugiados e migrantes, a quem chamou de “os mais fracos e necessitados”.

A temática dos refugiados foi escolhida pelo pontífice como tema do 51º Dia Mundial da Paz da Igreja Católica, celebrado no primeiro dia do ano. Cerca de 40 mil pessoas acompanharam o discurso hoje (1º) na Praça São Pedro, no Vaticano.

“Por essa paz, a qual todos têm o direito, muitos deles estão dispostos a arriscar suas vidas em uma jornada que é muitas vezes longa e perigosa. Eles estão dispostos a enfrentar a tensão e o sofrimento”, disse Francisco.

O papa destacou que a paz é um direito de todos e defendeu um esforço coletivo para não abandonar as populações que deixam seus lares. “Por favor, não extingamos a esperança em seus corações, não sufoquemos suas esperanças de paz. É importante que da parte de todos – instituições civis, educacionais, assistenciais e eclesiais – exista o esforço de assegurar aos refugiados, aos migrantes e a todos um futuro de paz”.

A situação dos migrantes e refugiados tem feito parte das preocupações e da agenda do papa Francisco. Recentemente, o pontífice se reuniu com expatriados muçulmanos em uma viagem a Myanmar e Bangladesh. Na ocasião, pediu a lideranças a solução dos problemas que causaram as saídas dessas pessoas de suas cidades.

Consumismo

Em outro discurso no primeiro discurso do ano, durante missa na Basílica de São Pedro, o papa questionou o consumismo da sociedade e pediu que os fiéis pratiquem o silêncio como forma de reflexão sobre o tema. “Reservar cada dia um tempo de silêncio com Deus é guardar a nossa alma, é guardar a nossa liberdade das banalidades corrosivas do consumo e dos aturdimentos da publicidade”.

*Com informações da Reuters

Edição: Luana Lourenço

 

Últimas Notícias

Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018
Mercado mantém estimativa de inflação em 3,71% este ano
BC anuncia que atividade econômica cresce 0,02% em outubro
Embraer e Boeing aprovam termos para fusão
Leilão da Ceal é adiado para o dia 28 de dezembro
Tesouro quitou no ano R$ 4,19 bi de estados e municípios inadimplentes
Paulo Guedes diz que pretende cortar até 50% das verbas do Sistema S
Com intervenção do BC, dólar começa semana em queda

MAIS NOTICIAS

 

Paulo Guedes diz que pretende cortar até 50% das verbas do Sistema S
 
 
Documentos de Ghosn são recolhidos de apartamento em Copacabana
 
 
COP24: países definem regras para implementar Acordo de Paris
 
 
Crise na Nicarágua se agrava, diz Comissão de Direitos Humanos da OEA
 
 
Regulamentação do mercado de carbono será decidida somente na COP 25
 
 
Coreia do Norte adverte EUA que sanções podem impedir desnuclearização

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212