Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mais de 40 mil cidadãos utilizaram dos serviços de Ouvidoria do Governo de Goiás em 2017 - Jornal Brasil em Folhas
Mais de 40 mil cidadãos utilizaram dos serviços de Ouvidoria do Governo de Goiás em 2017


Os serviços de Ouvidoria, coordenado pela Controladoria-Geral do Estado, contabilizou o atendimento a 40.269 cidadãos ao longo de 2017, uma média de 4.832 manifestações por mês, aponta o relatório da Superintendência de Ouvidoria-Geral da CGE. As demandas são as mais diversas, distribuídas em pedidos gerais de informações, denúncia, sugestões, reclamações, elogios e pedidos de informações com base na Lei de Acesso à Informação. Conforme o secretário-chefe da CGE, Adauto Barbosa Júnior, os dados indicam que as pessoas confiam no atendimento de suas demandas e utilizam cada vez mais essa ferramenta de interlocução com o Governo Estadual.

Ao longo do ano, 39.413 manifestações foram finalizadas e 856 estão em tratamento. Pelo Call Center (162 e 0800621513) foram registrados 11.846 atendimentos. Outras 28.423 manifestações foram registradas no Sistema. As demandas registradas em 2017 ficaram assim distribuídas: 12.164 reclamações; 6.300 denúncias; 392 sugestões; 3.763 pedidos gerais de informações; 5.289 pedidos de Acesso à Informação e 515 elogios.

Os órgãos do Estado mais demandados em 2017 foram Instituto de Assistência dos Servidores Públicos, Secretaria de Gestão e Planejamento, Secretaria de Educação, Cultura e Esporte, Junta Comercial de Goiás, Departamento Estadual de Trânsito, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária. Mais informações podem ser obtidas no site www.transparencia.go.gov.br/portaldatransparencia/institucional/acesso-a-informação

Dezembro

O relatório é elaborado pela Superintendência de Ouvidoria-Geral da CGE contabilizou em dezembro de 2017, 3.540 atendimentos. Desse total, 2.861 já estão finalizadas e 679 continuam abertas para resposta. As demandas da população através do Call Center foram 1.379 e manifestações, 2.161. Pela Ouvidoria, as pessoas podem fazer reclamações, denúncias, sugestões, pedidos gerais de informações e elogios, além de solicitar dados governamentais com base na Lei de Acesso à Informação – LAI.

Dentre as manifestações registradas no Sistema de Ouvidoria as mais demandadas foram 930 reclamações, 476 denúncias, 30 sugestões, 335 informações, 346 pedidos de Acesso à Informação e 44 elogios. Os órgãos/entidades mais demandados foram: Secretaria da Fazenda, Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Secretaria da Educação, Cultura e Esporte, Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos, Agência Goiana de Transporte e Obras, Departamento Estadual de Trânsito, Agência Goiana Brasil Central, Secretaria de Gestão e Planejamento, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico, Universidade Estadual de Goiás, Saneamento de Goiás, Secretaria de Saúde, Controladoria-Geral do Estado, Agência Goiana de Defesa Agropecuária e Goiás Previdência.

Todos os cidadãos podem dialogar com o Governo Estadual por meio da Ouvidoria-Geral. Os canais disponíveis são: Serviço de Atendimento Presencial ao Usuário, em todas as unidades do Vapt Vutp em Goiânia e no interior; pelos telefones 162 e 0800621513; pelo site da Controladoria www.cge.go.gov.br; e-mail [email protected]; pelos portais dos órgãos/entidades do Governo Estadual no link Ouvidoria; por meio de carta; pelo aplicativo smartphone Vapt Vupt Virtual.


 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212