Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Goiás realiza o primeiro implante dentário pelo SUS - Jornal Brasil em Folhas
Goiás realiza o primeiro implante dentário pelo SUS


O município de Hidrolândia tornou-se o pioneiro na região Centro-Oeste, e o terceiro em todo o Brasil, a realizar implantes dentários através do SUS. Um procedimento odontológico, totalmente gratuito, e que visa atender, prioritariamente, a população mais carente e que não tem acesso a esse tratamento através da iniciativa privada devido a sua situação econômica. Numa iniciativa da Prefeitura Municipal através de convênio com o Governo Federal, , com a participação do Governo Estadual, foram realizados nessa quinta-feira (21) os primeiros implantes. O serviço integra o programa Brasil Sorridente e vai atender pelo Centro de Especialidades Odontológicas as populações não só do município de Hidrolândia mas de várias cidades da região metropolitana, no chamado entorno Sul.

A equipe encarregada da execução do trabalho é formada por três cirurgiões dentistas que já vêm preparando os pacientes desde o último mês de agosto e que agora receberão os implantes. Ao todo 6.270 pacientes já estão aptos a receberem os benefícios e apenas aguardavam o envio de material pelo Ministério da Saúde para concluir o tratamento, cujos procedimentos se iniciaram agora.

Cada paciente poderá ser beneficiado com seis implantes unitários no período de dois anos ou então com o implante total.

Segundo o prefeito Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho) “foi uma luta muito grande para se conseguir implantação do programa. Fomos à Brasília por mais de dez vezes articular junto ao Ministério da Saúde mas agora comemoramos a implementação desse atendimento que vai devolver a muitas pessoas o prazer de sorrir. Entendemos que o atendimento odontológico também deve ser prioritário. É muito gratificante devolver o sorriso a uma pessoa”.

Os primeiros pacientes beneficiados também comemoraram, reafirmando que essa é a única forma de se conseguir o implante uma vez que não dispõem de recursos para custear o tratamento particular.

A solenidade, que marcou o início dos transplantes, teve as participações do prefeito Paulo Sergio de Rezende (Paulinho), o Superintendente de Regulação e Acesso à Serviços Hospitalares e Ambulatoriais da SES GO, Cleudes Bernardes Baré, a Superintendente de Políticas de Atenção Integral à Saúde da SES GO Evanildes Fernandes Gomides, e representantes de vários segmentos.

Cleudes Baré destacou a prioridade dada pela administração de Hidrolândia na atenção básica de saúde que agora é reforçada com mais esse serviço.

A volta do sorriso

A realização de implantes dentários é uma novidade para grande parte da população local e foi muito bem aceita por todos. Hoje esse trabalho é feito pelo SUS somente nos estados do Paraná e na Paraíba. O coordenador municipal da equipe de odontólogos, Rafael Oliveira de Souza Silva, diz que muitos pacientes não conseguiam nem sorrir, além de enfrentar problemas para se alimentar. “Com o implante estamos devolvendo a eles a função de seus dentes e a estética”, salienta.

O primeiro beneficiado foi Manoel Severino Duarte que realizou seis implantes. Há mais de 30 anos ele convivia com o problema e diz que não teria condições de pagar para fazê-lo. José Santa Cruz, outro beneficiado, alega que gastaria no mínimo R$ 15 mil para o implante de seis dentes e jamais teria esses recursos.

 

Últimas Notícias

Receita cria chat para regularizar débitos de pessoas físicas
MP facilita registro de empresas nas juntas comerciais
Mudança em servidor foi a causa de instabilidade ontem, diz Facebook
Corte de pessoal gera economia de R$ 200 milhões, afirma presidente
TCU pede informações antes de decidir sobre leilão de ferrovia
Leilão de aeroportos testa novo modelo em blocos
Pretendentes já ofertaram R$ 2,3 bi no leilão de aeroportos
Aeroportos foram arrematados com ágio médio de 986%

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212