Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Prossegue resgate de corpos de acidente que matou 48 pessoas no Peru - Jornal Brasil em Folhas
Prossegue resgate de corpos de acidente que matou 48 pessoas no Peru


Socorristas continuavam nesta quarta-feira (3) a tarefa de recuperação dos corpos em um ônibus de passageiros que caiu em um precipício de 110 metros de altura em uma rota costeira do Peru, deixando ao menos 48 mortos, informou a Polícia.

Os trabalhos a cargo de mais de 200 efetivos da Polícia, do Exército e da Marinha eram dificultados pela névoa e pela maré alta, com ondas que alcançavam os destroços do ônibus que virou ao meio-dia de terça-feira.

O veículo partiu para Lima com 55 passageiros e dois tripulantes procedente da cidade de Huacho, 130 quilômetros ao norte da capital.

Os trabalhos de hoje também contemplam a recuperação do ônibus acidentado, para a qual está prevista a chegada de um guindaste, disse à imprensa o coronel Dino Escudero, chefe de Controle de Estradas da Polícia.

No local há 12 corpos expostos e 12 que estão entre as ferragens retorcidas do veículo, indicou Escudero.

O diretor da Defesa Civil (Indeci), Jorge Chávez, indicou que estão instalando uma plataforma no local para levantar o ônibus e retirar os corpos presos.

Temos que fazer hoje o resgate dos corpos e entregá-los a seus familiares, acrescentou o responsável da Defesa Civil.

Após seis horas de resgate, o general da Polícia, Víctor Rucoba, disse à imprensa que 18 corpos foram retirados do local do acidente e ainda faltam seis a serem resgatados.

O acidente deixou ao menos 48 passageiros mortos depois que o ônibus interprovincial caiu em um precipício. A tragédia aconteceu quando um caminhão bateu no veículo.

Apenas seis ocupantes saíram com vida do acidente, que ocorreu na curva do diabo da estrada Pasamayo, um desvio da rota Panamericana, a 45 quilômetros ao norte de Lima.

Ao anoitecer de terça-feira, os socorristas tiveram que suspender as tarefas de recuperação dos corpos, pois as ondas aumentaram e tornaram o resgate impossível.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212