Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Jan de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Combates e bombardeios deixam dezenas de mortos perto de Damasco - Jornal Brasil em Folhas
Combates e bombardeios deixam dezenas de mortos perto de Damasco


O Exército sírio lançou nesta quinta-feira (4) uma ofensiva para quebrar o cerco de uma de suas bases, rodeada pelos extremistas na Guta Oriental, perto de Damasco, onde dezenas de pessoas morreram em bombardeios e ataques nas últimas 24 horas, segundo uma ONG.

Na Guta Oriental, 29 civis morreram na quarta-feira, a maioria em bombardeios da Força Aérea russa, que apoia o governo de Bashar al-Assad, de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH). Em represália, o grupo rebelde Jaysh al-Islam acabou com a vida de 14 soldados nesta quinta, em ataques contra postos de controle militares perto de Guta.

Esta região, a leste de Damasco, assediada pelo governo desde 2013, está em sua maioria controlada pelo grupo extremista Fateh al-Sham, ex-braço sírio da Al-Qaeda, e pelos grupos rebeldes islamitas Ahrar al-Sham e Jaysh al-Islam.

Nesta quinta-feira, as forças do regime tentavam quebrar o cerco da Direção dos Tanques, a única base militar do governo na Guta Oriental, onde houve intensos combates entre soldados e grupos extremistas e rebeldes, indicou à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Mais de 250 militares estariam presos nessa base, situada em Harasta, na periferia de Guta, detalhou. A base foi cercada no início da semana, depois de uma ofensiva do Fateh al-Sham e de grupos rebeldes.

A televisão pública síria confirmou um assalto das unidades do Exército para quebrar o cerco da Direção dos Tanques.

Cerca de 400 mil pessoas vivem na Guta Oriental, último reduto dos insurgentes perto da capital síria, e atingida por uma grave escassez médica e de alimentos, e submetida a intensos bombardeios.

Na quarta-feira, 29 civis foram mortos em bombardeios executados contra Misraba, outra localidade de Guta. Vinte desses civis morreram em bombardeios russos, segundo o OSDH, incluindo sete crianças, 11 mulheres e um socorrista.

De acordo com Abdel Rahman, os bombardeios russos apontaram contra edifícios em Misraba.

Há um mês o regime concentra suas tropas para atacar Guta, assegurou à AFP Mohamed Alush, responsável do Jaysh al-Islam.

Em Damasco, uma mulher morreu e 22 pessoas ficaram feridas por um obus disparado pelos rebeldes contra a Cidade Velha, segundo a agência oficial Sana.

O conflito na Síria começou em março de 2011 com a repressão do governo a manifestações pacíficas, e foi se convertendo em uma guerra complexa com múltiplos atores que já deixou mais de 340 mil mortos e milhões de refugiados e deslocados.

 

Últimas Notícias

Não será fácil, mas é viável votar a reforma da Previdência em fevereiro, diz Maia
Três apostas dividem prêmio de R$ 12 milhões da Mega-Sena
Cidade da Polícia, onde trabalhava delegado assassinado, é cercada por favelas
Acidente deixa pelo menos sete mortos em rodovia no norte de Minas
Empresas que aderiram ao novo Refis devem R$ 1,18 bilhão
Fundo recebe até o dia 31 inscrições de projetos para promover direitos LGBT
Desaparecimento de sem-terras no Amazonas faz um mês; suspeitos estão foragidos
Museu Nacional de Belas Artes comemora 81 anos com duas novas exposições

MAIS NOTICIAS

 

Tantas pontuações já não significam nada, afirma premiado chef francês
 
 
Leonardo DiCaprio protagonizará filme de Tarantino sobre Charles Manson
 
 
DiCaprio vai estrelar filme de Tarantino sobre assassinatos de Charles Manson
 
 
Palestinos buscam dar uma resposta a Trump sobre Jerusalém
 
 
Países e organizações indignados com Trump por declarações racistas
 
 
Oliver Stone assina petição para que Lula possa disputar eleição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212