Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 “A tristeza de ontem se contrasta com o júbilo de hoje”, afirma secretário durante criação de Diretoria-Geral - Jornal Brasil em Folhas
“A tristeza de ontem se contrasta com o júbilo de hoje”, afirma secretário durante criação de Diretoria-Geral


O secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, disse, durante a solenidade de criação da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária, que a tristeza pelo ocorrido no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia se contrasta com o júbilo que é o ato do governo estadual. A medida vai permitir ao Estado a gestão da vaga prisional, hoje gerida pelo Poder Judiciário.

“Vivemos dias muito tristes pelo que ocorreu no presídio e por toda a repercussão na mídia. Paradoxalmente, o sentimento, hoje, é de júbilo. Parabenizo o governador Marconi Perillo pela coragem com que enfrentou nacionalmente essa questão que, como sabemos, não é do Estado, mas da União”, afirmou o secretário.

Balestreri lembrou sua passagem pelo governo federal, como secretário nacional de Segurança Pública, para dizer que os recursos da União não são suficientes, “o que faz com que os Estados assumam o abacaxi”, e que, mesmo assim, “Goiás é o Estado que mais atrapalha o crime organizado no Brasil.”

“Goiás, por meio de seus policiais, produz muito e produz como nunca. Nos últimos 12 meses, reduziu todos os índices de criminalidade. Ameaça os negócios dos criminosos, é o Estado que mais atrapalha o crime organizado no país. Não somos ingratos, mas os R$ 32 milhões que Goiás recebeu da União é uma quantia pequena demais, o governo federal deveria ofertar muito mais”, declarou o secretário.

Balestreri disse que a criação da Diretoria-Geral é o projeto mais ousado na área Segurança Pública e de Sistema Prisional dos últimos anos em Goiás e que vai resolver os problemas do setor a médio prazo.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212