Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Coreia do Norte nomeia delegados para diálogo com o Sul - Jornal Brasil em Folhas
Coreia do Norte nomeia delegados para diálogo com o Sul


A Coreia do Norte enviou ao Sul sua lista de participantes nas primeiras conversações entre os dois Estados em mais de dois anos, anunciou Seul neste domingo (7).

A reunião está prevista para acontecer na terça-feira (9) e provavelmente se concentrará na participação de atletas norte-coreanos nos Jogos Olímpicos de Inverno, que acontecem no próximo mês na Coreia do Sul.

O encontro intercoreano, o primeiro do tipo desde 2015, acontecerá em Panmunjom, cidade fronteiriça onde foi assinado o cessar-fogo ao final da Guerra da Coreia (1950-1953).

A delegação do Norte será liderada por Ri Son-Gwon, chefe do departamento responsável pelos assuntos intercoreanos, segundo informou o ministério da Unificação da Coreia do Sul.

Ri será acompanhado por quatro autoridades do governo, incluindo os responsáveis ​​pelas questões esportivas, indicou o ministério.

O diálogo acontece após dois anos de aumento da tensão na península, durante os quais a Coreia do Norte realizou três testes nucleares e multiplicou os lançamentos de mísseis.

A Coreia do Norte afirma ter alcançado seu objetivo militar de ser capaz de lançar um ataque nuclear contra o conjunto do território continental americano.

O líder norte-coreano, Kim Jong-Un, advertiu em seu discurso de Ano Novo que mantinha o botão nuclear sempre ao alcance de seus dedos em seu gabinete, mas ao mesmo tempo estendeu a mão ao Sul, ao afirmar que Pyongyang poderia enviar uma equipe aos Jogos de Inverno, que acontecem entre os dias 9 e 25 de fevereiro.

Seul respondeu propondo a realização de discussões de alto nível em Panmunjom no dia 9 de janeiro, pela primeira vez em dois anos.

As duas Coreias restabeleceram posteriormente sua conexão telefônica, suspensa desde 2016.

Em outra demonstração de apaziguamento, os presidentes sul-coreano, Moon Jae-In, e americano, Donald Trump, concordaram em adiar os exercícios militares conjuntos previstos para após os Jogos de Inverno.

Por sua vez, o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, comemorou a organização da reunião, mas advertiu que o encontro por si mesmo não ajuda em nada.

Abe defendeu que é necessário maximizar a pressão sobre o regime norte-coreano para forçá-lo a mudar sua política.

Falar por falar é inútil, disse ele em uma entrevista gravada previamente e exibida neste domingo pela rede japonesa NHK.

No que diz respeito aos diálogos Norte/Sul, desejo que haja uma estreita coordenação entre o Japão e a Coreia do Sul e até mesmo entre o Japão, a Coreia do Sul e os Estados Unidos, acrescentou

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212