Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Jan de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 EUA sanciona quatro funcionários venezuelanos por corrupção ou repressão - Jornal Brasil em Folhas
EUA sanciona quatro funcionários venezuelanos por corrupção ou repressão


O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos sancionou nesta sexta-feira (5) por corrupção ou responsabilidade em atos de repressão quatro funcionários venezuelanos de alto escalão, incluindo o governador do estado de Aragua, Rodolfo Marco Torres, e o ministro da Nova Fronteira de Paz, Gerardo Izquierdo Torres.

As sanções anunciadas nesta sexta também afetam o general de divisão reformado Francisco Rangel Gómez, ex-governador do estado de Bolívar, e o general da Guarda Nacional Bolivariana Fabio Zavarse Pabón.

Os quatro funcionários são ou foram integrantes das Forças Armadas: Rodolfo Marco Torres é general de divisão reformado, e Gerardo Izquierdo Torres é general do Exército na ativa.

Em nota oficial, o Tesouro informou que os quatro esqueceram a missão profissional republicana das instituições militares da Venezuela, de acordo com a Constituição aprovada por esse país em 1999.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, assinalou que as sanções mostram a determinação dos Estados Unidos de responsabilizar (o presidente Nicolás) Maduro e outros, envolvidos com corrupção.

No caso de Zavarse Pabón, entre as razões para sua inclusão no pacote de sanções mencionam sua suposta responsabilidade por atos de repressão por membros da Guarda Nacional Bolivariana contra protestos na Venezuela.

Como resultado das sanções, todos os eventuais ativos destes quatro funcionários nos EUA serão congelados, e ficarão proibidos de ter relações comerciais com cidadãos americanos.

Os Estados Unidos consideram a Venezuela um narco Estado que ameaça a segurança internacional e, por isso, impuseram sanções nos últimos meses contra o presidente venezuelano e grande parte de seus funcionários mais próximos.

Washington também proibiu que cidadãos americanos negociem a dívida com o governo venezuelano e a petroleira Pdvsa.

Em novembro, Washington sancionou outros 10 funcionários por sua suposta responsabilidade em irregularidades eleitorais.

Se membros do regime de Maduro desejam a retirada das sanções do governo dos Estados Unidos, devem agir para restaurar a democracia e a ordem constitucional na Venezuela, indicou o Departamento de Estado.

 

Últimas Notícias

Representantes das Coreias discutem show nos Jogos de Inverno
Morte de Dolores ORiordan cala uma das grandes vozes irlandesas
Morreu Dolores ORiordan, cantora irlandesa do Cranberries
Morre Dolores ORiordan, vocalista da banda irlandesa Cranberries
Moda masculina desembarca em Paris, ofuscada por acusações de assédio
Líbano proíbe exibição de dois filmes por boicote a Israel
Diane Krüger diz que em Hollywood homens têm medo após caso Weinstein
Vocalista do Cranberries, Dolores ORiordan morre aos 46 anos

MAIS NOTICIAS

 

Tantas pontuações já não significam nada, afirma premiado chef francês
 
 
Leonardo DiCaprio protagonizará filme de Tarantino sobre Charles Manson
 
 
DiCaprio vai estrelar filme de Tarantino sobre assassinatos de Charles Manson
 
 
Palestinos buscam dar uma resposta a Trump sobre Jerusalém
 
 
Países e organizações indignados com Trump por declarações racistas
 
 
Oliver Stone assina petição para que Lula possa disputar eleição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 4018-8212