Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 O mundo estará observando o que fizerem, adverte EUA ao Irã - Jornal Brasil em Folhas
O mundo estará observando o que fizerem, adverte EUA ao Irã


Os Estados Unidos advertiram nesta sexta-feira (5) o Irã que o mundo estará observando como responde aos protestos contra o governo dos últimos dias, durante uma reunião sobre o tema no Conselho de Segurança da ONU.

O regime iraniano está agora de sobreaviso: o mundo estará observando o que fizerem, disse a embaixadora americana, Nikki Haley, durante a sessão de emergência do Conselho, solicitada por Washington.

Os Estados Unidos convocaram a reunião apesar da crítica ferrenha da Rússia, que acusou Washington de interferir em assuntos internos do Irã.

Os iranianos estão mobilizados em mais de 79 localidade em todo o país, disse Haley ao Conselho.

É uma exibição poderosa do valor das pessoas, fartas com o governo opressivo, que estão dispostas a arriscar sua vida nos protestos, acrescentou.

Haley acusou o governo de fazer uma campanha a favor do regime militar na Síria, de apoiar os combatentes xiitas no Iraque e de apoiar uma elite de cúmplices enquanto os cidadãos comuns do Irã enfrentam dificuldades.

Um total de 21 pessoas morreram e centenas foram presas desde o dia 28 de dezembro, durante as manifestações contra o governo iraniano pelas dificuldades econômicas, nas quais foram registrados ataques a prédios do governo e delegacias policiais.

Também ocorreram protestos a favor do governo em Teerã depois de sexta-feira, o primeiro dia de marchas em apoio ao governo, que se declarou inquieto pela situação.

Alguns diplomatas esperavam que a Rússia convocasse uma votação processual para bloquear a reunião, mas, ao fim, o enviado de Moscou não fez a solicitação.

Nos últimos dias, os Estados Unidos têm se esforçado para obter o apoio do Conselho de Segurança, especialmente dos seis novos membros não permanentes, disseram diplomatas.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212